Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Ampla dependência de repasse

Mesmo com alguns prefeitos optando em ficar neutros na eleição, o resultado pode impactar diretamente na gestão financeira das cidades. Segundo dados do Tribunal de Contas do Espírito Santo, até julho, nenhum municipio capixaba chegou a 50% de receita própria em relação a sua receita total. O dado mais alarmante é que em 58 dos 78 municípios, a arrecadação própria está abaixo de 20% da receita total.

Ou seja, os municípios estão extremamente dependentes de repasses do Estado ou da União. Alguns são constitucionais, como o ICMS, outros não, como o Fundo para Redução das Desigualdades Regionais. “Com relação aos programas específicos, quero acreditar que, como os municípios fazem uso contínuo e todos estão buscando apoio, vai haver um comprometimento com o municipalismo”, estima o presidente da Associação de Municípios do Espírito Santo, Guerino Zanon (MDB).

Contra se armar
O prefeito de Cariacica, Juninho (PPS), em evento de inauguração da Zona Franca da cidade, ontem, discursou: “Devemos votar em quem prega a vida, não em quem prega armamento”.
De acordo com reportagem veiculada domingo em A Tribuna, seis dos 11 concorrentes ao Senado são a favor da liberação de armas para cidadãos comuns.

Nova ferrovia à vista
A Comissão de Infraestrutura da Assembleia, presidida por Marcelo Santos (PDT), recebeu na semana passada o diretor-geral do Petrocity, José Roberto Barbosa da Silva, e o superintendente de Projetos da Codesa, Fábio Nunes Falce. Discutiram implantação de novo ramal ferroviário de 600 km ligando Sete Lagoas/Confins, em Minas, a São Mateus.

República das bananas 

 (Foto: Léo Rangel)
(Foto: Léo Rangel)

O deputado José Esmeraldo (MDB) discursava em defesa dos produtores de banana do Estado, ontem, quando Dr. Hércules (MDB) pegou uma para comer em plenário. Bastou para a confusão. Esmeraldo afirmando que era fruta de Pernambuco e o outro dizendo que foi produzida em Cariacica.

R$ 1 milhão em doações à Rose
Até agora, duas candidaturas ao governo do Estado aparecem com prestação de contas parciais no site Divulcand, da Justiça Eleitoral. O maior valor em doações recebidas para a campanha é de Rose de Freitas (Podemos). A Direção Nacional do partido enviou R$ 1 milhão para a campanha da senadora.

Já Carlos Manato (PSL) recebeu uma doação de pessoa física no valor de R$ 10 mil.

Faltou objetividade às propostas para jovens
Mais do que conhecer as propostas dos candidatos ao Executivo, a sabatina da Transparência Capixaba Jovem deixou transparecer (com o perdão do trocadilho) a preocupação daqueles que estão indo às urnas há pouco tempo. “Estão saindo do Ensino Médio ou entrando na faculdade e preocupados com emprego e a qualidade de vida”, explicou o coordenador do grupo, Marton Barreto. Sobre o resultado, diz que a impressão foi boa, mas faltou objetividade.

GALERIA

Temas propícios
Na prova para Curso de Formação de Oficiais (CFO), no último domingo, o tema da redação foi Fake News. Já na seletiva para policiais e bombeiros, no mesmo dia, o assunto foi endividamento da população. Discussões propícias em momento eleitoral.

Pesquisa eleitoral
Até ontem, 10 pesquisas eleitorais feitas no Estado haviam sido registradas na Justiça Eleitoral. Apenas uma dela, todavia, contratada por partido político: o PSD.

Sorteio de debate
Hoje, assessores dos candidatos ao governo se reúnem na redação da TV Tribuna para conhecer as normas e participar do sorteio da ordem de respostas do debate que acontece no dia 20 de setembro, às 11 horas.

Ex-conselheiros
Depois de Enivaldo dos Anjos (PSD), outro ex-conselheiro quer voltar para a política. Marcos Madureira (PRP) é candidato à Assembleia. Ele, inclusive, tem o apoio do vereador Luiz Carlos Moreira (MDB).