search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Alimentação infantil determina boa parte da saúde no futuro
Nutridicas

Alimentação infantil determina boa parte da saúde no futuro

“Vamos lá, galera, correndo em volta da cadeira. As mãos para trás, sem ajudar, hein! Parou a música, parou, sentou, não sentou, dançou, bobeou, cai de bumbum no chão”. Dança da cadeira, quem nunca brincou? Pois é! Outubro chegou e com ele um dos dias mais esperados pela criançada, o Dia das Crianças, não é mesmo? Brincadeiras e diversão não vão poder faltar amanhã, 12 de outubro.

E aproveitando esta data tão importante para os nossos pequenos, vamos falar dos cuidados que não podemos dispensar nesta fase de vida, afinal, mais do que um simples hábito ou costume, a alimentação infantil determina boa parte da saúde no futuro.

Ter filhos que comem de tudo, principalmente frutas, legumes e verduras, parece ser o sonho de muitas mamães, afinal, depois do seis meses de vida, a preocupação dos pais com o cardápio dos filhos só cresce, assim como as dúvidas!

Daí surge a pergunta: como elaborar refeições gostosas, ricas em nutrientes e que ainda ajudem na saúde e no desenvolvimento dos pequenos?

Calma! A Nutri vai dar algumas dicas:

Peça ajuda na cozinha – Depois que a batata está cozida (e não está mais superquente), peça para os mais novos ajudarem a descascar. É simples, né? Basta puxar a casca. Eles também podem lavar as folhas de alface e, para os mais velhos, picar o tomate.

Colocar a turminha em contato com os alimentos durante o preparo ajuda a familiarizá-los com os ingredientes. Até porque, na hora de comer, eles vão querer experimentar um pouco do que ajudaram a fazer. Ah! E não se esqueça de levar os pequenos à feira.

Tenha paciência – Sempre que a criança recusar um alimento, tente novamente alguns dias depois. Você pode fazer isso até cinco vezes, sempre com receitas diferentes. Só depois dessa experiência você poderá confirmar que o pequeno realmente não gosta daquele alimento.

Capriche nas cores – A variação de cores significa uma variação de nutrientes. Na hora de montar o prato, devemos contemplar quatro categorias de alimentos: Leguminosos (feijão, grão-de-bico, lentilha), cereal (arroz, trigo, cevada, aveia), proteína (frango, carne, peixe, ovo) e vegetais (hortaliças e verduras).

Só quando pedirem – Um dia, evidentemente, os mais novos vão querer experimentar o chocolate, o sorvete, o refrigerante e aquela pizza cheia de gorduras que aparece no comercial da TV.

Mas, enquanto eles estão pequenos demais e não sentem nem curiosidade e nem vontade de provar, aproveite e não ofereça. Assim você ganha tempo para acostumá-los com comidas saudáveis e fazer com que elas se tornem as opções principais no paladar dos baixinhos.

E o mais importante – Que as crianças tenham um bom modelo de comportamento dentro de casa. Se elas percebem que seus pais comem direitinho, elas também vão querer participar deste cenário. É claro que as porções são diferentes, mas a comida deve ser a mesma para todos.

Mamães, papais, de sangue ou de coração, espero que vocês aproveitem essas dicas para mudar a rotina alimentar em suas casas. E, ah!, não se esqueçam de contar para a Nutri como foi este processo, ok?

Pequenos, um feliz Dia das Crianças!

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Nutridicas

Existe relação entre comida e humor?

Na última semana, comemoramos a Semana do Bom Humor. E é claro que humor tem a ver com a alimentação. Mas, como assim, Nutri? Calma lá! Para começar, te faço algumas perguntas: como são suas …


Exclusivo
Nutridicas

Alimentação X diabetes

Na próxima quinta-feira, será comemorado o Dia Mundial do Diabetes e, claro, não poderíamos deixar passar essa data em branco, não é verdade? A diabetes é uma doença desenvolvida pela deficiênci…


Exclusivo
Nutridicas

Xô, celulite!

Ah, as celulites! É difícil encontrar uma mulher sem elas. Não importa se são gordinhas ou magrinhas, as celulites estão lá. Elas trazem muitos incômodos à vida das mulheres, além de contribuir para …


Exclusivo
Nutridicas

Cuidado na higienização de verduras, legumes e frutas

Comer verduras, legumes e frutas é indiscutivelmente saudável e não há nutricionista que não fomente este tipo de escolha alimentar na sua consulta. Aliás, sempre que possível, tanto eu como os meus …


Exclusivo
Nutridicas

Prevenção da osteoporose

O Dia Mundial de Prevenção à Osteoporose, que atinge principalmente mulheres após a menopausa e idosos de ambos os sexos, é celebrado no próximo domingo. A osteoporose é uma doença crônica, multifato…


Exclusivo
Nutridicas

Outubro Rosa e os alimentos que previnem o câncer

Às vezes, pode parecer que bato na mesma tecla quando falo da importância dos alimentos em diversas situações. Mas a verdade é que, com a escolha certa, aumentamos as defesas do nosso organismo, que …


Exclusivo
Nutridicas

30ª Dez Milhas

Por ser um esporte relativamente simples de ser praticado, a corrida ganha cada vez mais adeptos. Basta uma roupa confortável e um tênis correto que o corredor está pronto para enfrentar o mundo das …


Exclusivo
Nutridicas

Cuscuz marroquino é uma delícia e cabe na dieta

Sendo a “sustança” (que dá vigor e força) na manhã de muitos e a força da alimentação de famílias do sertão, o cuscuz amarelo coleciona apaixonados por todo o País. E no movimento crescente de …


Exclusivo
Nutridicas

Os benefícios da semente de abóbora para a saúde humana

Eu amo abóboras! Aqui no Brasil, encontramos cerca de 8 tipos de abóboras: moranga, minimoranga, abóbora japonesa (ou cabotiá), abóbora de pescoço, abóbora paulista, abobrinha-menina brasileira, …


Exclusivo
Nutridicas

Comida japonesa

Comida japonesa é uma delícia! Quem ama? Mas será que combina com o processo de reeducação alimentar? Manter a rotina alimentar não está entre as tarefas mais fáceis, especialmente para quem não quer …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados