search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Alcolumbre usa gaveta para prejudicar diplomacia
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Alcolumbre usa gaveta para prejudicar diplomacia

No exterior, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, adora o tapete vermelho dos diplomatas brasileiros, mas no Brasil ele os trata como inimigos, impedindo a tramitação de indicações de embaixadores.

Nem sequer leu (é uma formalidade regimental), por exemplo, a indicação do diplomata Hermano Telles Ribeiro para a embaixada no Líbano, datada de 31 de julho. Alcolumbre estaria retaliando a recusa de sua indicação de um ex-ministro de Dilma (PT) para representar Bolsonaro na ONU.

Provincianismo
Alcolumbre queria Mauro Vieira na ONU para retribuir rapapés em Nova York recebidos do embaixador, conhecido mestre da bajulação.

País prejudicado
Durante todo o ano de 2019, até agora, só 29 embaixadores passaram pelo crivo do Senado. Foram 47 nos últimos seis meses de 2018.

Ele não está nem aí
Alcolumbre (foto) avisou que a indicação de Nestor Foster para Washington, nossa principal representação no exterior, só será lida em 2020.

Tudo a mesma coisa
Um dos mais limitados presidentes de sempre do Senado, Alcolumbre não diferencia um embaixador do chefe do Funrural no Amapá.

Ramos pode cair e Fraga é citado para o cargo
O general Luiz Eduardo Ramos agrada no trato, é um gentleman, mas, inexperiente, sua atuação tem sido questionada. Até porque articulação política é para profissionais. Além disso, os demais ministros não lhe dão a mínima, não atendem suas demandas. A saída de Ramos, por desistência ou fadiga de material, fez abrir a bolsa de apostas. O nome mais citado, no corredor do 3º andar do Planalto, é o do ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF), amigo de Jair Bolsonaro há mais de 40 anos.

Costas largas
A estabilidade de Ramos no emprego é determinada pela amizade e admiração de quem decide no governo: Bolsonaro & filhos.

Experiência
Sergipano, político experiente, Fraga foi deputado federal por quatro vezes no Distrito Federal. Ele é coronel da reserva da Polícia Militar.

Incompreendido
O general Ramos tem se queixado, a interlocutores, de bola nas costas dos demais ministros e da falta de visibilidade do seu trabalho na mídia.

Polícia desacreditada
Estranha a atitude do governador do Pará, Helder Barbalho, trocando o primeiro delegado que teve a coragem de mexer no vespeiro de ONGs picaretas e ongueiros idem. É forte o lobby das ONGs, na região.

Precedente perigoso
O jurista Gustavo Badaró vê risco à privacidade de alguns cidadãos com a decisão do STF. “Parentes de investigados, que não cometeram crime algum, têm sua privacidade fiscal e bancária devassada”, disse.

Fundão sem limites
O Congresso derrubou o veto de Bolsonaro ao artigo da “minirreforma” que definia o Fundão Sem Vergonha. Voltam as emendas impositivas de bancada para serem usadas – sem limite – para bancar a eleição.

Mordomia até no motel
O vereador José Roberto Esteves (MDB) foi cassado por unanimidade por ter usado carro oficial da Câmara de Pedro de Toledo (SP) para ir ao motel “The Queen”, em São Paulo. O caso já foi enviado ao MP.

Abusar é crime hediondo
Projeto da deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) torna crime hediondo o abuso sexual de crianças. Segundo ela, a intenção é aperfeiçoar o combate a crimes dessa natureza.

Isto não é crime hediondo
Já o deputado Chiquinho Brazão (Avante-RJ) quer tornar “crimes hediondos” contrabando e falsificação de cigarros. Cigarro falso viraria crime mais grave que alguns tipos de homicídio... que vexame.

Estudo não se perde
Cursar o Ensino Médio em tempo integral deve ser uma estratégia do governo para atingir melhores resultados. Secretário do MEC, Jânio Macedo prevê aumento de 50% com mais 500 escolas já em 2020.

Otimismo de volta
Levantamento do SPC Brasil revelou que houve aumento do número de pessoas que pretendem usar o 13º salário para comprar presentes para as festas de fim de ano. Este ano serão 32% contra 23% em 2018

Pensando bem...
... soltar, no Pará, suspeitos de incendiar a floresta é como deixar uma raposa tomar conta do galinheiro: tem tudo para virar fogueira de novo.

Poder sem pudor

Sonho compartilhado
Candidato a senador em 1986, Mauro Benevides estava em um palanque na praça dos Franciscanos, Juazeiro do Norte (CE), quando o candidato a deputado estadual Marcus Fernandes contou a lorota em forma de “sonho”:

“Sonhei que Padre Cícero Romão Batista baixava num monte em nuvens diante de mim e, com aquela voz tronitoante, que só os santos possuem, apontou pra mim e disse: 'Marquinhos tu és um dos meus!'”.

Benevides cutucou o orador e implorou, ao pé do ouvido: “Marquinhos, por favor, me bota nesse sonho!...”

Colaboram: André Brito, Jorge Macedo e Tiago Vasconcelos

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ação sobre dossiê prosperou mesmo sem prova

O suposto dossiê sobre servidores militantes de partidos de oposição, atribuído ao Ministério da Justiça, já estaria no campo da “fake news” se o “vale-tudo” não estivesse em vigor, no Supremo …


Exclusivo
Cláudio Humberto

“PEC do Fraldão” amplia idade-limite para o STF

Movimenta os bastidores de Brasília um conchavo ousado, que oscila entre o “sonho” e o golpe institucional, para aprovação de uma “PEC do Fraldão”, ampliando de 75 para 80 anos a idade-limite de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Achou pouco? Moraes presidirá a eleição de 2022

Indignados com Alexandre de Moraes, que no Supremo Tribunal Federal (STF) tem anulado atos do presidente, processado seus seguidores e até cancelado o direito deles à liberdade de expressão, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ex-ministro culpa Fachin pela morte de Meurer

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), que foi relator da Lei de Abuso de Autoridade, culpa Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal, pela morte do ex-deputado Nelson Meurer na prisão, vítima …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Era Toffoli no Supremo ressuscitou o “cala-boca”

Verdadeiro mestre no relacionamento, acessível e simpaticão, apesar do discurso frequente em defesa dos direitos do cidadão, Antonio Dias Toffoli caminha para o fim da sua presidência do Supremo …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Nos EUA, planos premiam clientes. Já no Brasil...

Um casal de brasileiros, que reside nos Estados Unidos, tomou susto ao renovar o seguro de saúde: a empresa decidiu reduzir em 30% sua parcela mensal, segundo relatou à coluna. Fidelização e …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Em sessão, desembargador faz piadinha sexual

Após testar positivo por Covid-19 em março, o desembargador Carlos Tork responde agora a investigação por aparecer sem camisa durante sessão virtual do Tribunal de Justiça do Amapá, e na sequência, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Desembargador que xingou colega será investigado

O ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, decidiu determinar que o ministro Aloysio Corrêa da Veiga (TST), corregedor-geral da Justiça do Trabalho, investigue o desembargador José …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Desembargador que xingou colega será investigado

O ministro Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, decidiu determinar que o ministro Aloysio Corrêa da Veiga (TST), corregedor-geral da Justiça do Trabalho, investigue o desembargador José …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Ex-presidente critica manobras da direção da OAB

O ex-presidente nacional da OAB Reginaldo de Castro está entre os muitos indignados, e não se surpreendeu quando soube que o também ex-presidente Marcus Vinícius Furtado Coelho, para ele “eminência …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados