Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Afinal, o que acontece se eu engolir o chiclete?
AT em Família

Afinal, o que acontece se eu engolir o chiclete?

Por Luciana Pimentel

Queridinha das crianças e dos adultos, a goma de mascar, que é conhecida popularmente como chiclete, desperta dúvidas na cabeça de todo mundo. Afinal, mascar chiclete dá cárie? É eficaz contra o mau hálito? Pode causar problemas na mandíbula? E se eu engolir, faz mal para o estômago e o intestino?

O dentista MárcioPassos, que é especialista em Articulação Temporal Mandibular (ATM) e dor orofacial, explicou que diversos estudos realizados com pacientes que utilizam goma de mascar por longos períodos chegaram à conclusão que não houve sinais e sintomas que levassem ao diagnóstico de disfunção mandibular.

“Em vez de causar problemas mastigatórios, a goma pode atuar como auxiliadora neste quesito. Alguns autores que avaliaram a mastigação em crianças com o uso do chiclete verificaram que elas possuem um padrão mastigatório característico que as difere dos adultos, e que o ato de mastigar desde a primeira dentição é importante para o desenvolvimento do sistema estomatognático”, destacou o especialista.

Mas ele alerta: qualquer alimento muito açucarado consumido sem a devida higiene oral tem o potencial de causar cáries. “A questão não se trata do alimento em si, mas principalmente do descuido com a higiene bucal”, frisou.

Mestre em implantes e especialista em periodontia, Thiago Degli Esposti explicou que a goma de mascar não pode ser usada no tratamento da halitose, já que ela apenas mascara a real situação. “Se o paciente tem mau hálito é preciso, antes de mais nada, descobrir as causas. O odor desagradável na boca tem vários fatores, entre eles alimentos e bebidas ingeridos, inflamação da gengiva, má escovação dos dentes e da língua, além de origens respiratória e gástrica e até o diabetes”, ressaltou.

A especialista em ortodontia Layssa Degli Esposti acrescentou que “as gomas que não contêm açúcar são as menos agressivas para a saúde bucal”. E que crianças até dois anos de idade não devem ingerir nenhum tipo de açúcar, muito menos chiclete até pelo risco de engasgar.

Engoli o chiclete, e agora? Não faz mal, mas evite. Apesar de o organismo não conseguir digerir completamente a borracha, ele será descartado pelo corpo em algum momento. Ufa!


 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados