search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Advogado surfa maior onda registrada na praia de Regência

Esportes

Esportes

Advogado surfa maior onda registrada na praia de Regência


No dia 5 de novembro de 2015, rompia a barragem de rejeitos de minério de Fundão, que pertencia à mineradora Samarco, em Mariana, Minas Gerais, considerada a maior tragédia ambiental do Brasil.

 O advogado Francelino Ava, de 32 anos (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
O advogado Francelino Ava, de 32 anos (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
Nessa terça-feira (05), coincidentemente, o advogado Francelino Ava, de 32 anos, surfou a maior onda já surfada na praia de Regência, em Linhares, Norte do Estado, um dos lugares mais afetados pela tragédia.

Na época, a lama de rejeitos chegou ao Rio Doce e espalhou uma coloração avermelhada até a foz dele, em Vila de Regência.

De acordo com a filmmaker e fotógrafa Andressa Galvão, de 25 anos, apesar de continuarem praticando o esporte no local atingido, os surfistas não têm certeza da qualidade da água. "Eles não têm nenhuma posição certa se a água está contaminada ainda ou qual é a condição dela, mas mesmo assim eles surfam, por amor a onda e ao mar", afirmou Andressa.

A Onda

A fotógrafa e filmmaker Andressa Galvão é fotografada enquanto filma Francelino no mar  (Foto: Divulgação/Diego Silva)
A fotógrafa e filmmaker Andressa Galvão é fotografada enquanto filma Francelino no mar (Foto: Divulgação/Diego Silva)

Francelino pratica o esporte desde os 12 anos e, aos fins de semana, costumava viajar para Regência para surfar com o pai. Durante esse tempo, se tornou membro da Associação de Surf de Regência e, há um ano, resolveu se mudar para a Vila, porque "queria estar mais próximo da comunidade".

No dia 5 recebeu a ligação de Hugo Caiado, amigo e praticante do esporte town-in (onde um jet-ski leva o surfista até a melhor onda, sem que ele precise nadar até o local), para participar de um documentário sobre o surf no Estado. Além dele, o surfista experiente em ondas grandes Benito Dagostini também foi escolhido.

No momento em que Hugo perguntou qual onda Francelino queria, ele não teve dúvida e pediu a maior. “Me senti preparado para aquele momento, olhei para a praia, vi minha família e amigos e fui. Hugo ainda me perguntou se eu ia por minha conta e risco e eu aceitei”, contou.

(Na foto abaixo, Francelino aparece de costas ao lado da esposa, que também é surfista, e do filho, que já segue os passos do pai)

minhas melhores companhias dentro d'água regislife #familiasurf

Uma publicação compartilhada por Isadora Lourenço (@lourencoisadora) em

Os surfistas de onda grande Carlos Burle e Ian Cosenza analisaram a foto da onda e disseram ter aproximadamente 15 pés, equivalente a 5 metros de altura. 

De acordo com Francelino, a onda parecia um tsunami, "nunca tinha visto algo assim", mas o fato de ter sido rebocado por um jet ski facilitou o surf. “Quando consegui, olhei para a praia e o pessoal estava gritando. Só consegui saber o tamanho da onda depois que me mostraram a foto”, disse.

Confira a sequência de fotos com a onda de Francelino:


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados