Notícias

Polícia

Acusado de pedofilia é preso pela terceira vez


A Polícia Civil anunciou a prisão de um homem de 39 anos, suspeito de armazenar fotos pornográficas, criar perfis falsos e chantagear menores para conseguir novas imagens ou vídeos. Esta foi a terceira vez que o acusado foi preso. Antes, ele já havia sido preso em 2013 e 2015.

Segundo a Polícia, o acusado foi preso em Nova Lima, em Minas Gerais, após a Justiça decretar a sua prisão preventiva. Ele vinha sendo investigado pela Delegacia de Crimes Virtuais, após chantagear uma menina, exigindo que ela enviasse para ele fotos e vídeos em situações pornográficas.

A tática do acusado era criar um perfil falso com a foto e o nome da vítima e entrar em contato com o perfil verdadeiro, exigindo novos materiais pornográficos. A vítima chegou a bloquear o acusado, que decidiu então entrar em contato com a avó da vítima e exigir que ela o atendesse.

O acusado pode pegar até 13 anos de prisão e vai responder pelos crimes de publicar ou distribuir materiais pornográficos com menores, armazenar estes materiais e aliciar ou constranger menores para a praticá de algum ato libidinoso.