Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Acidente entre ônibus do Transcol e caminhão deixa quatro feridos na Serra

Notícias

Trânsito

Acidente entre ônibus do Transcol e caminhão deixa quatro feridos na Serra


Quatro pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus e um caminhão em Porto Canoa, na Serra, por volta das 16h30 de hoje. O coletivo ficou com a parte da frente destruída.

O ônibus é um Transcol da linha 856, e estava indo de Laranjeiras no sentido Cidade Pomar. Quando estava fazendo o retorno de Porto Canoa indo para Eldorado, um caminhão na Av. Brasília ultrapassou o sinal vermelho e bateu com a carroceria na frente do coletivo, que teve o para-brisa arrancado e as laterais do para-choque quebradas.

Segundo o motorista, se ele não tivesse freado, o acidente seria fatal. "Nunca passei por algo do tipo, foi um livramento. Se eu não tivesse tido o reflexo de frear, eu teria morrido, porque a frente do caminhão bateria bem onde eu estava", disse Elton Santos, de 38 anos.

Depois de bater no ônibus e perder o controle, o caminhão ainda atingiu um carro do modelo Prisma, preto. "Eu tinha acabado de estacionar e estava saindo quando vi o caminhão e corri. Por pouco não fui atingido", contou o motorista do veículo, um encarregado de manutenção, de 47 anos, que pediu para não ser identificado.

Carro de passeio também foi atingido após a colisão entre o ônibus e o caminhão (Foto: Júlia Afonso)
Carro de passeio também foi atingido após a colisão entre o ônibus e o caminhão (Foto: Júlia Afonso)

Quatro pessoas ficaram feridas, de acordo com a Polícia Militar, mas sem gravidade. Duas vítimas foram encaminhadas para atendimento: o cobrador, que foi para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, e uma criança de 5 anos, levada para o Hospital Infantil de Vitória.

No momento do acidente, o coletivo também bateu em um semáforo. "Se não tivesse esse sinal no caminho o ônibus podia ter ido direto para o posto", relatou uma passageira, se referindo a um posto de gasolina que fica em frente ao local do acidente.

Ela, que estava na frente do ônibus, contou que o susto foi grande. "Na hora não dá nem para pensar. Se eu não estivesse me segurando, poderia ter me machucado", disse Marlúcia Pereira, 50, que é cobradora.

A Polícia Militar e o SAMU foram até o local. Os dois motoristas fizeram o teste do etilômetro e não tinham sinais de bebida alcoólica.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados