search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A tecnologia na educação 4.0
Tribuna Livre

A tecnologia na educação 4.0

A Feira Bett Educar é um evento referência na América Latina para o setor educacional e reúne os maiores especialistas no assunto para discutir os desafios do setor. Nos últimos dois anos, a discussão do evento foi voltada para as mudanças da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Agora já homologada, a BNCC instituiu uma série de competências desde a Educação Infantil até o Ensino Médio e as escolas são obrigadas a cumpri-las.

Este ano a tecnologia aplicada à educação - conhecida como Educação 4.0 – entrou com tudo em pauta. Tanto os palestrantes quanto os expositores, levaram propostas que colocam o aluno no centro do processo de aprendizado. Essa é a mudança de paradigma da Educação 4.0: o estudo construído pelo aluno. Agora o aluno não é apenas um espectador, mas sim o receptor de conhecimento. Com a mudança, o currículo de sucesso passa a explorar metodologias ativas ao trabalhar com projetos, investigação, resoluções de problemas, produções de narrativas digitais e desenvolvimento de atividades maker (uma extensão da cultura faça-você-mesmo que incentiva confiança e iniciativa para solucionar problemas), transformando as ferramentas digitais em linguagem.

Diante dessa nova realidade e da busca pela inserção de tecnologia nas escolas, o maior desafio está com os gestores e alguns professores que ainda não são de uma geração tecnológica e têm dificuldades até de utilizar as ferramentas digitais que a escola dispõe. O desafio está aí, fazer com que esses profissionais consigam absorver as mudanças da educação e acolher a tecnologia no processo educativo.

Para muitas escolas - principalmente as particulares - a Educação 4.0 já é uma realidade. Desde o sistema de gestão até chegando no sistema de ensino, já é possível ver intuições que utilizam essa tecnologia a seu favor e estão alinhadas à essa nova realidade de ensino. Essas escolas são as que têm gestores mais conectados! É fácil notar que essa postura está ligada ao perfil dos profissionais daquela instituição e da equipe de professores e facilitadores que foi construída ali.

Então o foco e a preocupação, daqui em diante, não será nos recursos tecnológicos e sim em como utilizá-los para proporcionar interação, ludicidade e coletividade. A vivência e a experimentação durante a aprendizagem serão valorizadas, bem como o desenvolvimento de competências socioemocionais e criativas.

Essa nova prioridade faz parte do termômetro de qualidade dos serviços que veio mudando junto com as pequenas revoluções que a tecnologia promoveu no dia a dia do consumidor. Outra tendência apresentada na Bett Educar é a busca por aplicativos mais robustos, os super apps, em que alunos e pais conseguem resolver praticamente tudo que precisam. As escolas oferecem mais funcionalidades operacionais. Já não é mais necessário, por exemplo, o pai ou responsável ter que comparecer à escola para assinar documentos graças à tecnologia da informação.

Assim, a busca pela aplicação da tecnologia na educação se amplia, já que a tecnologia oferece soluções e resolve problemas que antes nem existiam. Continuamos a acompanhar essas demandas mesmo depois da feira, pelas conversas com gestores escolares e suas demandas por soluções voltadas para a educação e vamos construindo juntos uma nova cultura educacional voltada para a inovação, a invenção, a resolução de problemas, a programação e a colaboração.

Cláudia Coelho Fuzer é professora e analista de sistemas da informação.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Poder de compra do Bolsa-Família aumenta durante atual governo

Nos cem dias do Governo Bolsonaro, foi anunciada a inclusão de uma 13ª parcela anual para a Bolsa-Família (PBF) ao invés do reajuste do valor dos benefícios pela inflação passada. De um …


Exclusivo
Tribuna Livre

Livro deve ser a arma da cultura e do saber do povo brasileiro

Mencionei, em uma outra crônica recente, que o ano de 2020 não começou muito bem, mas me referia ao mau tempo que vem causando estragos em alguns pontos do Brasil. Mas se olharmos para o estado …


Exclusivo
Tribuna Livre

O direito à privacidade e a exposição nas redes sociais

De início, é necessário destacar que a relevância do conceito de privacidade para os sujeitos não alcança apenas espectros de caráter pessoal, mas encontra garantia de proteção até mesmo no escopo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Carnaval, redes sociais e os cuidados com a saúde mental

A “revolução tecnológica”, da qual estamos a bordo, vem transformando o modo como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. O impacto da tecnologia – cada vez maior em nossa rotina diária – trouxe …


Exclusivo
Tribuna Livre

Educação inclusiva precisa de um olhar além do diagnóstico

A inclusão dos estudantes com deficiência ainda é um grande desafio. Apesar de, ao longo da última década, muitas mudanças significativas de entendimento acerca do assunto terem acontecido, algumas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Custo Brasil é um desperdício de tempo e dinheiro do contribuinte

O chamado “custo Brasil” é uma antiga expressão utilizada para designar as despesas adicionais que empreendedores brasileiros enfrentam para realizar negócios no País, em relação a outras nações …


Exclusivo
Tribuna Livre

A lei que regula a proteção de dados não deve ser adiada

A proposição de adiamento do início da vigência plena da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), objeto do Projeto de Lei 5.762/2018, em tramitação no Congresso Nacional, significa um lamentável …


Exclusivo
Tribuna Livre

Conde d´Eu nunca deixou de amar o Brasil que o acolheu

A vida de Gastão de Orléans não foi fácil. Aos 5 anos, foi exilado de sua pátria natal, a França, por um golpe republicano que destronou seu avô, o rei Luís Felipe. Uma de suas primeiras lembranças é …


Exclusivo
Tribuna Livre

Meio ambiente e a mudança de comportamento das empresas

Não há como negar que a preocupação com a preservação do meio ambiente se propaga por todo o planeta. A sustentabilidade, a reciclagem de resíduos e materiais, o tratamento e reaproveitamento da …


Exclusivo
Tribuna Livre

A sabedoria do planejamento na empresa e na vida privada

Com a globalização, inovações tecnológicas, políticas econômicas restritivas e inúmeras variáveis que afetam as empresas e nós individualmente, temos de intensificar a utilização da mais nobre das …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados