search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A tecnologia é capaz de unir as famílias?
Tribuna Livre

A tecnologia é capaz de unir as famílias?

A geração dos nativos digitais já vem com o know how tecnológico como item de fábrica. Muitos estudos indicam que até a agilidade que as crianças de hoje possuem nos dedos é maior do que nós jamais desenvolvemos ao longo da vida. O fato é que a tecnologia cada vez impacta mais as relações familiares, por estar cada vez mais presente na rotina de crianças e adultos.

Muitos pais e familiares acabam deduzindo que a influência da tecnologia é necessariamente negativa para os pequenos. As pesquisas já mostram que podemos desmistificar o uso da tecnologia desde que pais e responsáveis entendam como utilizá-la de forma positiva enquanto as crianças não conseguem ter esse discernimento.

As telas, tanto de celulares quanto de tablets, podem ser usadas como meio para diversas atividades e não necessariamente como fim. Isso quer dizer que as telas podem trazer brincadeiras, gerar contato com músicas e danças ou ainda incentivar a criatividade e o uso de habilidades manuais, em vez de se transformar em uma “chupeta virtual”.

Quando os pais criam consciência disso, a tarefa fica mais fácil. É possível utilizar a web para procurar uma receita de bolo para pais e filhos fazerem juntos, por exemplo.

A pesquisa TIC Kids Online Brasil, divulgada recentemente, mostrou um número impressionante: 24,3 milhões de crianças e adolescentes acessam a internet com certa regularidade no País. Isso significa que 86% dos jovens entre 9 e 17 anos estão conectados.

A mesma pesquisa revelou ainda que cresceu o número de buscas dos jovens por notícias, uma consideração bem importante.

É na internet que os jovens conversam com os amigos, fazem pesquisas, acessam outros lugares do mundo e mergulham de cabeça nesse universo. É na rede que 77% afirmam
assistir a vídeos online, 75% ouvem músicas e 73% navegam em redes sociais.

O outro lado, porém, é o que preocupa os adultos. Uma pesquisa feita pelo Google com pais e professores concluiu que 67% dos docentes entrevistados dizem que os pais ainda precisam se esforçar mais para manter a segurança dos seus filhos no mundo digital.

É importante que os pequenos mantenham uma vida saudável fora das telas, expressem suas emoções, saiam presencialmente com os amigos, façam exercícios, enfim, que tenham uma vida ativa.

Uma dica valiosa é que os pais não deixem que o diálogo morra e que deixem os filhos sempre confortáveis para se expressar. A conversa franca e honesta é parte fundamental da construção de uma boa relação familiar.

É essa troca positiva que vai fazer com que o pequeno não coloque a vida digital em primeiro lugar.
Como bem se sabe, a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. Por isso, moderação é o segredo para que a tecnologia impacte positivamente a rotina da família. Importante que os pais saibam os limites e deem liberdade para que os filhos possam aproveitar seu espaço de forma positiva.

Saber utilizar a internet para aproximar você do seu pequeno é o segredo para não criar um conflito entre vocês. E aí, qual vai ser a estratégia de hoje para se conectar com seu filho?

Nathalia Pontes é especialista em Pesquisa & Desenvolvimento Educacional e mestranda em Psicologia da Educação.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem tem medo de robô

Em recente entrevista, o presidente da OAB Nacional, Felipe Santa Cruz, apresentou previsão de que “em cinco anos este mercado não vai conseguir absorver todo mundo”. A matéria citou, ainda, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Acreditar é preciso

Foi em um domingo pela manhã quando folheando as páginas do jornal, senti meu coração se enchendo de tristeza com tantas manchetes de violência, atentados e agressões de todas as formas. E lendo …


Exclusivo
Tribuna Livre

A competência tem limite

A convivência entre os poderes constituídos tem se tornado cada vez mais tormentosa, havendo constante invasão de um pelo outro, normalmente no que se refere as esferas de prerrogativas de poder …


Exclusivo
Tribuna Livre

A chegada do verão e as lesões dos atletas de fim de ano

Vem chegando o verão... E, na estação mais badalada do ano, muita gente é obrigada a dar uma pausa na programação para “ficar de molho”. Isso mesmo! É comum aumentar a ocorrência de lesões nessa …


Exclusivo
Tribuna Livre

O golpe do WhatsApp e o roubo da conta no aplicativo

Os criminosos estão cada vez mais criativos acompanhando a mudança da sociedade e a evolução da tecnologia, de modo que a cada dia surgem novos golpes para tentar ludibriar os cidadãos e obter …


Exclusivo
Tribuna Livre

Insegurança suprema

Nos últimos 10 anos o STF debateu e mudou seu entendimento acerca da prisão após o julgamento em segundo grau ao menos cinco vezes. Na última quinta-feira, mudou novamente! A partir de agora, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Os 30 anos da derrubada do Muro de Berlim

Amanhã completar-se-ão 30 anos da queda do maior símbolo da "cortina de ferro" que se abatera sobre a Europa logo após a Segunda Guerra Mundial, o Muro de Berlim. A Guerra Fria chegava ao fim, e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Uma nova maneira de pensar a economia

Muito se fala em novas economias e formas de empreender. De fato, o momento em que vivemos a todo o instante passa por mudanças e exige que nós acompanhemos essa oscilação. Adaptar-se e trazer novas …


Exclusivo
Tribuna Livre

Avaliação internacional nas escolas

As avaliações em larga escala são, hoje, um importante recurso disponível para aprofundar as reflexões acerca da qualidade da educação. A busca pelo ensino de qualidade é causa universal, que convoca …


Exclusivo
Tribuna Livre

A Ufes e a consulta democrática para a reitoria

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) desencadeou o processo de consulta informal sobre os novos dirigentes que assumirão a reitoria da instituição a partir de 2020. Por ser uma …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados