search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A prova final
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


A prova final

O Flamengo de Jorge Jesus inicia nesta quarta-feira (25) série mais crítica de jogos desde o início do trabalho, em julho. Até a partida contra o Santos, no dia 7 de dezembro, na última rodada do Campeonato Brasileiro, serão 20 partidas em 72 dias, incluindo as duas pela Libertadores. Podendo haver ainda uma terceira, em Santiago, no Chile, caso o time avance à final do torneio sul-americano.

A partir do jogo desta noite, contra o Internacional, no Maracanã, o conjunto estará indo a campo a cada 3,6 dias.

Até aqui, o time fez 17 partidas oficiais em 75 dias sob o comando do técnico português — sem contar os 20 de treinos que antecederam a estreia contra o Athletico/PR, no dia 11 de julho, em Curitiba. Venceu 11 disputas, empatou quatro e perdeu duas.

Foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil, nos pênaltis, após dois empates com o Furacão, mas colocou o clube nas semifinais da Libertadores. E depois tirou diferença de oito pontos para o líder do Brasileiro, e pôs três de vantagem para o vice.

Renato Gaúcho, o técnico do Grêmio, tem razão ao sugerir que a qualidade do elenco rubro-negro facilitou o trabalho de Jorge Jesus, mas isso não diminui em nada os méritos do treinador português. Porque o Flamengo poderia estar alinhado às suas metas sem jogar bem, como o Palmeiras de Felipão fez no returno do último Brasileiro. Mas, pelo menos até aqui, o trabalho de J.J. entrega bem mais do que se esperava e isso ninguém ousa negar.

Resta saber, como disse mais acima, como será a atuação do time, submetido a jogos toda quarta e domingo até a rodada final do Brasileiro. Porque a comissão técnica do treinador aumentou a carga de exercícios na intertemporada, visando um padrão de jogo mais intenso, e esse passou a ser, aos olhos de especialistas da fisiologia, o ponto de interrogação: como os jogadores reagirão, em termos físicos, com pouco tempo de recuperação entre as partidas — e levando-se em consideração os deslocamentos necessários?

Crise

Botafogo vai à Fonte Nova, em Salvador, medir forças com o Bahia ainda com desfalques importantes e abatido pela situação financeira em que se encontra.

Enquanto o Conselho Deliberativo tenta acelerar a criação do “Botafogo S/A”, a diretoria administrativa corre atrás do dinheiro para pagar os salários. Mas, por ora, não existe o menor sinal de receitas.

Pior: os abnegados que amenizam o atraso na folha já avisaram que não colocarão mais dinheiro do bolso.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Outros quinhentos...

Existe interessante discussão entre torcedores e jornalistas sobre até que ponto a falta de público nos estádios influenciará no desempenho técnico dos times. A nova realidade imposta pela pandemia …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A peça que falta...

O marfinense Salomon Kalou, que completa 35 anos nesta quarta-feira, ainda está no aguardo do visto europeu para confirmar sua chegada ao Rio de Janeiro na próxima sexta-feira. É o tal Schengen …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O sofrimento bate à porta

A uma semana da abertura do Brasileiro, tentando ainda entender a economia do futebol no novo mundo, os principais clubes das Séries A e B começam a sentir o impacto dos meses sem futebol no segundo …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A aposta da vez...

O Flamengo está mesmo em vias de acertar com o treinador Domènec Torrent, de 58 anos, que fez carreira ao lado do vitorioso Pep Guardiola, auxiliando-o no Barcelona, no Bayern Munique e no Manchester …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O o enredo visto no Rio se repete em São Paulo e em Minas, no Sul do país e no Nordeste: bola rolando fora de hora, times com baixa competitividade e jogos pouco atrativos. Como já andei …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O atraso...

A duas semanas da estreia do time no Campeonato Brasileiro, o Vasco deu folga aos jogadores no sábado e no domingo – isso depois de mais de cem dias de inatividade no campo. Segunda (27), os …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Carli, Yony e Kalou...

O Vasco tem problemas no caixa, a exemplo da maioria dos grandes clubes brasileiros – e os últimos acontecimentos no Santos e no Corinthians mostram que o momento não está fácil para ninguém. Mas a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O tom da crueldade...

Embaçadas por tudo que cercou a conquista do bicampeonato do Flamengo, as análises da atuação do Fluminense nos três jogos que decidiram a Taça Rio e o Carioca tiveram o imperceptível tom da …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O substituto...

Seja lá quem for o próximo técnico do Flamengo, o substituto de Jorge Jesus encontrará um elenco bem fornido, de alta qualidade técnica, e um time experiente, entrosado, e com padrão e conceito de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

“Tudo..., não terás!”

O Flamengo de Jorge Jesus levou seis dos nove troféus que disputou em 12 meses de competição. Venceu Taça Guanabara, Carioca, Brasileirão, Supercopa, Libertadores e Recopa. Perdeu Taça Rio, Copa do …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados