Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A necessidade de repensar a educação no Brasil
Tribuna Livre

A necessidade de repensar a educação no Brasil

Mais da metade dos recursos do Ministério da Educação é aplicada no ensino superior, o que contraria a Constituição Federal, que dá prioridade ao combate ao analfabetismo e ao ensino fundamental.

As prioridades do sistema educacional devem ser: diminuir a repetência nas escolas, ampliar o acesso ao segundo grau e melhorar a qualidade do ensino. Para tanto é preciso treinar professores, melhorar seus salários em função do desempenho e prestar assistência ao estudante com merenda escolar e material didático. A administração pública deve usar melhor os recursos disponíveis, privilegiando as regiões mais pobres e dando apoio as estados e municípios.

O Brasil apresenta, de forma agravada, algumas características próprias de países em desenvolvimento, entre as quais enormes desigualdades na distribuição da renda e imensas deficiências no sistema educacional.

Esses dois problemas estão obviamente associados. Não é possível, hoje em dia, aumentar substancialmente a renda média de adultos sem instrução, nem se consegue educar adequadamente crianças cujas famílias vivem à beira da miséria.

O caráter claramente utópico de muitas de nossas políticas educacionais, responsável pelo seu fracasso, se deve, em grande parte, ao fato de não terem sido associadas a uma política social de longo alcance e não estarem alicerçadas em uma clara consciência dos obstáculos econômicos, políticos e culturais que precisam ser enfrentados para a construção de um sistema educacional abrangente e de boa qualidade.

Obviamente, a educação sempre foi considerada um bem em si, pelas oportunidades que oferece de enriquecimento cultural. Mas isso, por si só, não cria as condições para que a universalização do acesso à escola se transforme em prioridade das políticas governamentais. Há duas outras razões básicas que incentivam políticas públicas no sentido de promover a educação em geral e, especialmente, a escolarização básica.

A primeira delas reside na necessidade de preparação para a cidadania, incorporando à vida nacional grandes massas da população, dando a elas a instrução que lhes permita participar, tanto como eleitores, quanto como usuários dos serviços oferecidos pela sociedade moderna.

No mundo todo, a extensão da participação política e do acesso a benefícios sociais, que constituem o cerne da cidadania na sociedade moderna (democrática ou não), esteve associada à universalização da educação básica. Numa sociedade democrática, essa universalização torna-se ainda mais necessária, porquanto dela depende o acesso do eleitorado a informações essenciais para a participação política plena e esclarecida.

A segunda, que se vem manifestando com intensidade crescente, especialmente a partir da Segunda Guerra Mundial, reside na alteração do processo produtivo associada ao desenvolvimento tecnológico, o qual exige mão de obra cada vez mais qualificada. Um sistema de educação básica que atenda ao conjunto da população é hoje essencial ao desenvolvimento econômico.

Se forem estas as razões e condições para constituir uma vontade política que privilegie e valorize a educação, é fácil entender por que, no Brasil, esta vontade é um fenômeno tardio.


Vitor Otoni é bacharel em Administração de Empresas e líder comunitário.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Uma prova obtida ilicitamente pode beneficiar o réu?

Desde o dia 9 de junho o site The Intercept Brasil divulgou uma série de diálogos entre o então juiz federal, Sérgio Moro, com alguns integrantes do Ministério Público Federal que compõe a força-tare…


Exclusivo
Tribuna Livre

Criminalização da homofobia: um passo no combate à violência

As questões relacionadas à comunidade LGBT – lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – vêm ganhando espaço no meio acadêmico, jurídico e social em razão dos debates acerca da promoção e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Como os municípios podem aumentar os investimentos

Recentemente o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santos (TCE-ES) divulgou dados informando que, em 2018, 93,33% dos recursos orçamentários dos municípios do Estado utilizados para custeio das …


Exclusivo
Tribuna Livre

A vida e suas expectativas

Durante boa parte da nossa história, a maioria da população foi formada por jovens. Com o passar dos anos, esse cenário tem passado por modificações. Hoje, vive-se mais que os antepassados. A …


Exclusivo
Tribuna Livre

Atendimento que ajuda a salvar vidas

Em 1984, um anúncio nos jornais do Estado marcava o início de uma história que, em junho deste ano, completa 35 anos. Em texto breve, o anúncio convidava interessados em participar de um curso para …


Tribuna Livre

Polícia Interativa: uma marca capixaba

O ano era 1994, seis após a promulgação da Constituição Federal de 1988, o então tenente, hoje coronel da reserva da PMES, Júlio Cézar Costa, apresenta no programa “Fantástico” uma ação em Guaçuí que …


Exclusivo
Tribuna Livre

Trabalhadores em risco: o desastre dos desastres

A reforma trabalhista, não há mais dúvidas, é um gigantesco fracasso. Obsessivamente vendidas como uma grande solução para o País, as mudanças na CLT completaram um ano e meio, com o País à beira da …


Tribuna Livre

Educação 4.0

Estamos num divisor de águas para a educação no Brasil. Se já temos resultados catastróficos no mundo analógico, se não tomarmos providências, aumentaremos em proporção geométrica nosso atraso no …


Tribuna Livre

O revés do transporte público

Uma mobilidade urbana desejável proporciona às pessoas deslocamentos seguros, confortáveis e em tempo razoável, por modais satisfatórios e sustentáveis. A população que vive em cidades explode a …


Tribuna Livre

Você pode ser indenizado por ligações excessivas de call center!

Anda recebendo ligações insistentes de alguma empresa ou operadora? Difícil é encontrar quem não passe por essa situação. Uma cena comum do dia a dia: o celular começa a receber insistentes ligações, …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados