search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A intolerância do preconceito
Tribuna Livre

A intolerância do preconceito

Mais uma vez, ficamos chocados com ondas de ataques simultâneos às pessoas inocentes, morrendo, sem motivo aparente, senão à cor que mais uma vez se manifesta diante do racismo radical, abalando a maior potência mundial!

Nesta caçada mortal, ficamos a pensar com quem estamos lidando, se nem mesmo conseguimos ligar a irmandade ao mesmo berço que nos gerou! No desejo cruel, não enxergamos quem é nosso irmão!

Atualmente, trabalhamos em nós um olhar voltado ao caminho da aceitação do outro. Na verdade, se reverte na forma de receber quem chega não olhando para sua imagem, e sim pelo que é e possui, para contribuir e agregar valores e conhecimento a todos.

Mas afinal: o que passa na cabeça de alguém com tanto ódio pelo outro, motivado a tirar vidas como forma de mostrar sua indignação, colocando-se de forma soberana no julgamento da cor branca ser privilegiada?

Assim, nos remetemos novamente ao Holocausto que foi palco de tanta dor e lembranças tristes que ainda permeiam nos pensamentos de quem sobreviveu, e, percebemos a existência de pessoas hoje, com o mesmo perfil e um alto nível de intolerância com aquele que não é igual.

Não podemos deixar de citar o Brasil, no caso das decorrentes violências contra a mulher, e o grande número de vidas que são ceifadas quase todos os dias. A obsessão tem se mostrado de forma cruel onde o predador deseja ver seus desejos realizados com torturas físicas e psicológicas, estupros e, um dia este já saciado, sacramenta dando ao outro sua própria sentença: é hora de morrer!

Não é a questão da raça e nem da fragilidade, é a violência que já se enraizou na mente do sujeito (a), e seu desejo é em qualquer momento propício, tirar a vida de alguém como uma forma de punição e para si: realização de ver sangue jorrando como fonte inesgotável de um prazer sádico.

A raiz do mal já faz parte do nosso cotidiano. E não encerra a corrente que a cada dia vem se mostrando mais forte com seus elos contaminados de fúria e ódio e, sem controle se alojam em nossos lares fingindo ser um cordeiro.

Afinal, onde se encontra o respeito à diversidade e à empatia que atualmente é tão trabalhada nas empresas, igrejas, comunidades, Ongs e outros, como forma de pensar em um mundo feito de igualdade para todos que são diferentes de nós?

Não é apenas a cor, são vários requisitos que se formam a mente com este perfil não enxergar o mundo como uma grande aldeia global. A diversidade existe. Negar este olhar é ignorar nossa própria existência, pois na verdade: somos todos diferentes!

Assim, porque não aceitar que estamos aqui para formar um mundo de elos? Elos que foquem amor, respeito à vida, acolhimento e mudança de pensamentos que possam florescer em solo fértil sementes. Sementes que façam brotar a tolerância, o respeito e à vida de todos que independente da cor, quer fazer parte do mundo, com direito à vida!

Nas palavras da antropóloga Isabela Oliveira Kalil, da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, diz: “A construção da diferença é universal, o preconceito, não.
Embora vivamos com a sensação de que existe um suposto padrão de normalidade, é preciso depurar o pensamento: nada tem característica neutra a ponto de ser considerado normal. Somos todos diferentes em relação a alguma coisa”.

Maria Scardua Passos é pedagoga e psicanalista clínico.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Por que continuar pagando a escola durante a pandemia?

A situação epidêmica causada pela Covid-19 interrompeu as atividades educacionais presenciais em diversas partes do País. No Espírito Santo não foi diferente. Desde 17 de março as aulas presenciais …


Exclusivo
Tribuna Livre

Cem mil mortos por Covid-19: estamos perdendo a guerra

O Brasil atingiu o número de 100 mil mortos pela Covid-19 em pouco mais de quatro meses. Estima-se que durante os 20 anos da Guerra do Vietnã foram mortos quase 60 mil militares americanos. Portanto, …


Exclusivo
Tribuna Livre

O Dia dos Advogados e os desafios pós-pandemia

Terça-feira, 11 de agosto, Dia do Advogado. Uma data comemorativa que nos leva à reflexão sobre os desafios da advocacia e os caminhos da profissão, em um momento em que o País ainda sofre os …


Exclusivo
Tribuna Livre

Por que continuar pagando a escola durante a pandemia?

A situação epidêmica causada pela Covid-19 interrompeu as atividades educacionais presenciais em diversas partes do País. No Espírito Santo não foi diferente. Desde 17 de março as aulas presenciais …


Exclusivo
Tribuna Livre

Um Dia dos Pais muito diferente para comemorar

Hoje, segundo domingo de agosto, comemoramos o Dia dos Pais no Brasil. A data foi celebrada pela primeira vez em 1953 e sua criação é atribuída ao jornalista Roberto Marinho, que apontou como …


Exclusivo
Tribuna Livre

A explosão no Porto de Beirute e a sobrevivência no Líbano

Não fosse a explosão do Porto de Beirute uma tragédia em si, as condições a que estava submetido o Líbano, seja do ponto de vista econômico, dada a crise financeira expressa na desvalorização de 80% …


Exclusivo
Tribuna Livre

A violência doméstica durante a pandemia

Devido ao isolamento social na pandemia da Covid-19, houve um aumento da violência doméstica. A Lei 11.340, de 7 de agosto de 2006 – que completa 14 anos hoje –, mais conhecida como Lei Maria da …


Exclusivo
Tribuna Livre Nutridicas

Cuidados com a alimentação para manter a saúde do paizão

Os homens estão cada vez mais cuidando da sua beleza, mas... e com relação à saúde, como estão? Será que estão tão ligados assim? Não há como negar que os cuidados com a saúde devem estar presentes …


Exclusivo
Tribuna Livre

Privatização do Porto de Vitória volta a ser discutida

A privatização do sistema portuário capixaba voltou a ser pautada. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que em outubro, provavelmente, será realizada uma consulta pública para a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Afastem-se logo dos milagreiros tributários

Em meio à grave crise econômica que assola o Brasil e o mundo, empresas se veem cada vez mais descapitalizadas e diante de uma equação que leva à pena de morte: inadimplência e custos cada vez mais …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados