Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A importância dos bombeiros no dia a dia da sociedade
Tribuna Livre

A importância dos bombeiros no dia a dia da sociedade

O Dia do Bombeiro foi instituído por meio do decreto-lei nº 35.309, de 2 de abril de 1954 e, a partir desse dispositivo legal também foi definida a realização anual da Semana de Prevenção Contra Incêndios.

A escolha dessa data é homenagem a criação do Corpo Provisório de Bombeiros da Corte, em 2 de julho de 1856, no Rio de Janeiro, e sob o comando do major João Batista de Morais Antas.

Antes do imperador D. Pedro II assinar o Decreto Imperial nº 1.775 que regulamentava o serviço de bombeiros, o badalar dos sinos era sinal de que homens, mulheres e crianças tinham que formar uma fila no poço mais próximo e assim, passarem baldes de mão em mão até chegarem ao local do incêndio. Assim, as pessoas apagavam os incêndios contando com a ajuda de vizinhos e amigos, além de contar com a boa sorte de se encontrar água em abundância na localidade. Não havia ferramentas e viaturas adequadas e, por isso, muitos acidentes ocorriam

Essa data é uma homenagem a todos os heróis brasileiros que arriscam as suas vidas para proteger as pessoas, as cidades e as florestas do risco de incêndios, emergências diversas e desastres.

Além de combater incêndios, atuar em desastres e fazer resgates marítimos, em alturas e terrestres, os bombeiros também desenvolvem vários projetos sociais e educativos. Nesse sentido, o Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo está desenvolvendo os projetos “Escola Segura” e “Residência Segura” para reduzir a possibilidade de incêndios e acidentes nesses locais. Os projetos consistem em treinamento e simulados com os pequenos, familiares e professores, bem como a verificação das condições de segurança contra incêndio do local.

Os bombeiros também atuam na fiscalização de edificações e áreas de risco para garantirem que materiais e equipamentos de proteção contra incêndios estejam em condições de uso. Com o objetivo de aprimorar os serviços prestados à sociedade e seguindo orientação do governo do estado, o Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo desenvolve sistemas, inova na legislação e promove integração com a comunidade associada ao tema, como federações, sindicatos e conselhos regionais.

Nesse sentido, é mister ressaltar a importância do comprometimento de todos, assim como, no passado os baldes eram carregados por todos, atualmente, somente a integração dos setores público, privado e plural (conselhos, associações, federações, indivíduos, dentre outras) poderá ser eficiente na formação da cultura prevencionista. Os responsáveis pelas empresas, edificações e outros locais devem verificar se as normas de segurança estão sendo atendidas. A comunidade em geral deve estar capacitada para uma intervenção simples com o uso de extintores ou abandono da área em risco.

Diante de todas essas tarefas e um serviço prestado durante 24 horas de forma ininterrupta, os bombeiros são contemplados com admiração e credibilidade da sociedade. É muito comum a visitação de crianças e adolescentes nas unidades de bombeiros para conhecerem mais dessa atividade. Muitos desses visitantes acabam prestando concurso e tornam-se bombeiros.

Não importa o tempo, o dia e a hora, quando o alarme toca e os bombeiros se acomodam nos caminhões com as sirenes ligadas, somente existe um pensamento. “Missão dupla o dever nos aponta: vida alheia e riquezas salvar”.

Coronel Alexandre dos Santos Cerqueira é comandante geral do CBM-ES

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A tecnologia é capaz de unir as famílias?

A geração dos nativos digitais já vem com o know how tecnológico como item de fábrica. Muitos estudos indicam que até a agilidade que as crianças de hoje possuem nos dedos é maior do que nós jamais …


Exclusivo
Tribuna Livre

A eficiência policial através dos números

Muito se discute, quase sempre de maneira extremamente superficial, a eficiência das forças públicas de segurança em nosso País. O debate traz a reboque questões de formação, qualificação e desvios …


Exclusivo
Tribuna Livre

O professor, o seu papel e as mudanças nos dias atuais

A docência é mais que uma profissão, é uma vocação: é um sacerdócio. O profissional da educação sabe que sua missão vai além de “educar a criança no caminho em que deve andar...”, mas de contribuir …


Exclusivo
Tribuna Livre

Elogio é uma carícia que se faz na alma

Elogie uma pessoa com absoluta sinceridade e perceba o que acontece diante de você. Imediatamente ela muda o ritmo da respiração e solta um sorriso, acompanhado de um leve suspiro. Esse é um claro …


Exclusivo
Tribuna Livre

Considerações sobre a Lava a Jato

Ultimamente temos presenciado um Brasil marcado por uma radical polarização. As duas últimas eleições presidenciais serviram para acirrar ainda mais a divisão do país, deixando clara a existência de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Partidos políticos: máquinas de triturar mulheres

Nas eleições presidenciais do ano passado. Dentre 13 candidatos, havia apenas uma mulher na disputa direta pela Presidência da Republica, a ex-deputada federal Marina Silva (Rede), que saiu da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Uma lei para conter abusos

Será que realmente é necessário existir um dispositivo legal obrigando o servidor público a atender um cidadão? Ora, não é o servidor público um trabalhador cuja a sua existência e função principal …


Exclusivo
Tribuna Livre

Mercantilização do ensino e trabalho docente

Este é um momento propício para se abordar a expansão desordenada do ensino superior privado brasileiro e suas implicações nas políticas curriculares, bem como no cotidiano do trabalho docente. …


Exclusivo
Tribuna Livre

O novo papel da escola no universo dos nativos digitais

Vivemos o boom da evolução tecnológica. Possibilidades se apresentam e novos caminhos são trilhados. As facilidades se mostram e se conectam em apenas um clique, principalmente nos últimos 20 anos. …


Exclusivo
Tribuna Livre

Universidade 2020 e a batuta feminina

Prezados leitores, lembro-me que na infância ajudando meu pai em sua mercearia, um dos frequentadores do vício da bebida teve um ataque cardíaco fulminante. Dias depois apareceu no estabelecimento a …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados