Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


A importância do tempo de TV

Começou o horário gratuito de propaganda eleitoral. É a oportunidade de falar diretamente com o eleitor e quanto mais tempo melhor. Isso, contudo, não garante vencedores. Os programas precisam vir casados com outras ações. Quanto a isso, as apostas deste ano são as redes sociais.

Em âmbito nacional, Dilma Rousseff (PT) tinha o maior tempo de TV em 2010 e 2014, venceu. Lula (PT) ganhou em 2002 e 2006 com tempo menor que dos tucanos José Serra e Geraldo Alckimin, respectivamente. No Estado, Paulo Hartung (MDB) teve menos tempo que Renato Casagrande (PSB) em 2014. O socialista teve mais que os concorrentes em 2010, o que se repete agora. Ele iniciou o seu novo programa apostando na memória do eleitor sobre sua gestão. Os demais candidatos preferiram se apresentar e alguns sugeriram às pessoas buscarem informação em sites, tentando driblar a pouca exibição.

Nem no santinho
O deputado estadual Hércules Silveira (MDB), que tenta a reeleição, segue na mesma linha dos seus correligionários e também não fará campanha para o presidenciável do partido, Henrique Meirelles.

“Não tem como. Ele está muito atrelado ao governo de Michel Temer. Nem no meu santinho vai ter referência a ele”, garante.

Contra as Fake News
Candidato do PSB para Palácio Anchieta, Renato Casagrande, entrou na campanha de combate a fakes news nas redes sociais. “É importante que, em uma hora como essa, que a campanha vai esquentar e o debate se tornar mais presente, que nós possamos combater fake news. Se tem uma dúvida, consulte e faça uma investigação”, aconselhou.

250 de férias na campanha
Dos 1.400 servidores da Assembleia Legislativa, 250 decidiram tirar férias a partir deste mês, quando a campanha eleitoral deve esquentar. Esta quantidade corresponde a 18% dos funcionários do órgão.

Já para aqueles que permanecem, há regras a serem seguidas: “Da porta para fora faz o que quiserem, não se pode fazer campanha aqui dentro”, diz o presidente, deputado Erick Musso (PRB).

 (Foto: Léo Rangel)
(Foto: Léo Rangel)
Saliva, suor e sola 
O candidato a deputado federal Neucimar Fraga (PSD) postou vídeo nas redes sociais dentro de uma loja de sapatos dizendo: “A campanha é de saliva, suor e sola. Mas senti meu pé molhado e, quando fui ver, as solas dos sapatos estavam rachadas. Parei em São Gabriel da Palha para comprar outros”.

Prefeitos querem Hartung como ministro em 2019
Grupo de 50 prefeitos está se movimentando para que o atual governador Paulo Hartung (MDB) assuma cargo de ministro do próximo presidente da República. A intenção deles é marcar audiência com quem chegar ao 2º turno e propor o nome do emedebista. Segunda-feira, inclusive, os prefeitos vão participar de reunião no Palácio Anchieta sobre ferrovia litorânea. “Vamos falar sobre o grupo também”, diz Luiz Carlos Piassi, prefeito de Castelo.

GALERIA

Tecnologia
O deputado federal Lelo Coimbra (MDB), que concorre à reeleição, decidiu colocar um QR Code no seu santinho. Quando o eleitor tira foto do código com o celular, é encaminhado para o site Detector de Corrupção, no qual há lista de quem tem processo judicial. Lelo não está na lista.

Prioridade em Casagrande
O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho (PSB), é enfático quando se trata de eleição: “Minha prioridade é a eleição de Renato Casagrande ao governo”, disse.

Fofura
Com três anos de idade, a menina Pilar, filha dos músicos Fernando Zorzal e Francesca Pêra, fez uma participação no jingle da candidata a deputada estadual Camila Valadão (PSOL). Francesca aparece ao lado da menina no vídeo postado pela candidata em seu instagram.

Será?
Com os programas de TV no ar, a aposta é que a campanha esquente.