A importância do planejamento para se saber aonde quer chegar

Ao receber a resposta de Alice, que diz não saber para onde quer ir, uma vez que estaria perdida, o Gato é enfático: “Para quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”. O trecho da história vem sendo utilizado, há muito tempo, por professores e especialistas em gestão pública e privada. E faz todo sentido!

Transportando esse conceito do mundo de Alice para o mundo da gestão, percebemos que é imprescindível a definição de objetivos claros para o sucesso de qualquer gestor. Isso, obviamente, passa por um bom diagnóstico da empresa ou do órgão público, para que o gestor possa identificar as forças, as fraquezas, as ameaças e as oportunidades que estão ao seu redor.

No caso, lançamos mão da matriz SWOT para exemplificar apenas uma das ferramentas disponíveis para realização de um planejamento estratégico. Na Adidância da Polícia Federal, nos Estados Unidos, iniciamos o ano de 2019 realizando exatamente isso. Após um breve diagnóstico, estabelecemos objetivos e metas claras para os próximos três anos.

Dada a importância estratégica dos postos internacionais para a PF e, possivelmente, para a segurança pública do Brasil como um todo, nos parece que essa medida é imprescindível para que possamos, da forma mais efetiva possível, contribuir com um futuro melhor para todos os brasileiros.

O intercâmbio de informações, treinamentos e aquisição de equipamentos de ponta são apenas alguns dos exemplos que demonstram o potencial das posições ocupadas internacionalmente pela Polícia Federal. Essa metodologia – obviamente que existem outras – tem o potencial de auxiliar, de forma efetiva, o gestor público e privado.

Apenas a título de exemplo, ainda em 2015, lançando mão de ferramenta semelhante, a Secretaria de Estado da Justiça venceu o prêmio Inoves, na categoria Uso Eficiente dos Recursos Públicos, estabelecendo objetivos e metas para todas as unidades prisionais do Espírito Santo. Após a realização do diagnóstico, cada uma das unidades prisionais do Espírito Santo passou a ser monitorada mensalmente.

Indicadores de segurança, psicossociais, número de presos trabalhando, estudando ou realizando cursos profissionalizantes etc. foram estabelecidos para que a segurança e os serviços ofertados pelos presídios fossem uniformes e de melhor qualidade.

Os bons resultados não tardaram a aparecer! Presídios com maior segurança e com mais presos sendo ressocializados são fundamentais para uma sociedade mais segura do lado de fora das cadeias.

Não importa se estamos tratando de um órgão com quatro mil servidores, como é o caso da Sejus ou com apenas dois, como é o caso da Adidância da Polícia Federal, em Washington. Para realizar um bom trabalho, com resultados consistentes e positivos é imprescindível um bom diagnóstico e um planejamento estratégico coerente e ambicioso. Afinal, para quem não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve!

Eugênio Ricas é delegado federal, adido da Polícia Federal nos EUA e mestre em Gestão Pública pela Ufes


últimas dessa coluna


A influência das mídias sociais sobre as decisões políticas

Estamos observando, no Brasil e em outras partes do mundo, o povo se reunindo através das redes digitais com o objetivo de influenciar as decisões políticas. Será que as principais decisões serão …


O Moscoso não morreu e nem morrerá por causa da violência

O fato ocorrido no dia 15 de janeiro, quando três vidas foram ceifadas de forma brutal, na divisa do bairro Piedade, mesmo em se tratando de um ato isolado, nos causou indignação. Mas foi inaceitável …


A lei e a quebra de contrato na compra de imóveis na planta

Quase no apagar das luzes do ano de 2018, na última sexta-feira, dia 28 de dezembro, foi publicada a Lei Federal nº 13.786, que visa regulamentar a resolução por inadimplemento de contratos de …


Telemedicina traz ganhos, mas não é remédio para todos os males

A divulgação da Resolução nº 2.227/18, do Conselho Federal de Medicina (CFM), que estabelece critérios para prática da telemedicina no Brasil, provocou um grande debate sobre o tema, durante o qual …


Será um desserviço ao País desmantelar aquilo que dá certo

Atualmente, o sistema cooperativista tem sido bastante evidenciado pelo seu constante crescimento e pela sua participação no combate à exclusão social, valorizando o homem pelo que ele é, tornando-o …


Ferida emocional e baixa fé religiosa põem vidas em risco

Revista de circulação nacional diz que acontece um suicídio no mundo a cada 40 segundos. No Brasil, a cada 45 minutos. E em Vitória? Não sabemos, pois a mídia, com a sábia intenção de não incentivar, …


Pacote anticrime de Moro é bom, mas peca em alguns pontos

O ministro Sérgio Moro divulgou as primeiras medidas concebidas para o enfrentamento da criminalidade. Sob o impacto inicial das soluções apontadas, várias análises foram feitas logo após sua …


É direito de alunos terem acesso às informações de seus cursos

Há quase quatro anos, A Tribuna publicou neste mesmo espaço um artigo em que eu falava sobre o Exame de Ordem e o direito à informação. Citei o Projeto de Lei 214/2015, proposto pelo então deputado …


Tecnologia nos distancia do amor e nos aproxima da violência

Celular… Essa maquininha veio com a promessa de aproximar as pessoas, mas está fazendo exatamente o contrário. Cada dia aumenta mais a distância entre os corações humanos. É na convivência com as …


A histórica igrejinha do Rosário da Prainha em Vila Velha

Durante o processo de expansão marítima de Portugal por vários reinados, foi determinado não somente a expansão da religião católica, com os símbolos religiosos, com prevalência da Cruz relativa a …