A importância do planejamento para se saber aonde quer chegar

Ao receber a resposta de Alice, que diz não saber para onde quer ir, uma vez que estaria perdida, o Gato é enfático: “Para quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”. O trecho da história vem sendo utilizado, há muito tempo, por professores e especialistas em gestão pública e privada. E faz todo sentido!

Transportando esse conceito do mundo de Alice para o mundo da gestão, percebemos que é imprescindível a definição de objetivos claros para o sucesso de qualquer gestor. Isso, obviamente, passa por um bom diagnóstico da empresa ou do órgão público, para que o gestor possa identificar as forças, as fraquezas, as ameaças e as oportunidades que estão ao seu redor.

No caso, lançamos mão da matriz SWOT para exemplificar apenas uma das ferramentas disponíveis para realização de um planejamento estratégico. Na Adidância da Polícia Federal, nos Estados Unidos, iniciamos o ano de 2019 realizando exatamente isso. Após um breve diagnóstico, estabelecemos objetivos e metas claras para os próximos três anos.

Dada a importância estratégica dos postos internacionais para a PF e, possivelmente, para a segurança pública do Brasil como um todo, nos parece que essa medida é imprescindível para que possamos, da forma mais efetiva possível, contribuir com um futuro melhor para todos os brasileiros.

O intercâmbio de informações, treinamentos e aquisição de equipamentos de ponta são apenas alguns dos exemplos que demonstram o potencial das posições ocupadas internacionalmente pela Polícia Federal. Essa metodologia – obviamente que existem outras – tem o potencial de auxiliar, de forma efetiva, o gestor público e privado.

Apenas a título de exemplo, ainda em 2015, lançando mão de ferramenta semelhante, a Secretaria de Estado da Justiça venceu o prêmio Inoves, na categoria Uso Eficiente dos Recursos Públicos, estabelecendo objetivos e metas para todas as unidades prisionais do Espírito Santo. Após a realização do diagnóstico, cada uma das unidades prisionais do Espírito Santo passou a ser monitorada mensalmente.

Indicadores de segurança, psicossociais, número de presos trabalhando, estudando ou realizando cursos profissionalizantes etc. foram estabelecidos para que a segurança e os serviços ofertados pelos presídios fossem uniformes e de melhor qualidade.

Os bons resultados não tardaram a aparecer! Presídios com maior segurança e com mais presos sendo ressocializados são fundamentais para uma sociedade mais segura do lado de fora das cadeias.

Não importa se estamos tratando de um órgão com quatro mil servidores, como é o caso da Sejus ou com apenas dois, como é o caso da Adidância da Polícia Federal, em Washington. Para realizar um bom trabalho, com resultados consistentes e positivos é imprescindível um bom diagnóstico e um planejamento estratégico coerente e ambicioso. Afinal, para quem não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve!

Eugênio Ricas é delegado federal, adido da Polícia Federal nos EUA e mestre em Gestão Pública pela Ufes


últimas dessa coluna


Cosmopolitismo e a ideia de mundo comum

O cosmopolitismo se funda na crença de que o mundo constitui uma grande pólis e que os seres humanos compartilham características essenciais que os unem, ou deveriam uni-los, em uma ordem global, que …


Mediação e arbitragem: boas práticas para o desenvolvimento

Em março, comemoramos o primeiro ano da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Findes/Cindes. Um espaço alternativo para a solução de questões jurídicas e acesso à Justiça com mais celeridade, …


A liberdade e os Princípios de Bangalore de Conduta Judicial

Nós, brasileiros, temos um baixo apreço por uma distinção fundamental. Falemos sobre o conceito de liberdade e a ideia de direitos e deveres. Se tenho um direito, do outro lado existe um dever. …


Porque odiamos

A excitação raivosa faz sangrar os dias. O veneno verbal destempera com fel o sabor da vida. A indelicadeza onipresente esgarça com garras afiadas os véus do pudor, os laços da lealdade e as tramas …


A primeira fake news da República

Espalhar notícias falsas é uma maneira relativamente barata de se fazer uma guerra informacional para arruinar reputações ou celebrar virtudes aparentes. Os instrumentos de comunicação super-rápida …


Capixaba relata emoção da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém

"A Paixão de Cristo", em Nova Jerusalém, Pernambuco, atrai multidão, que se emociona diante do grande espetáculo de fé. A encenação ocorre em um espaço que é considerado o maior Teatro ao ar livre do …


A prevenção que salva vidas

“Uma pessoa inteligente resolve um problema. Um sábio o previne.” Essa frase, atribuída ao físico alemão Albert Einstein (1874-1955) poderia ser adaptada para quaisquer tipos de atividades preventiva…


A militarização da segurança pública no Rio de Janeiro

A morte do músico Evaldo Rosa dos Santos, quando sua família seguia para um chá de bebê em um veículo que foi alvejado com 80 tiros disparados por membros do Exército, vitimando também seu sogro e um …


O problema do alcoolismo após a cirurgia bariátrica

Vivemos num mundo que vangloria a ditadura do ser magro, corpo definido dentre outros. Ao mesmo tempo vivemos na época do fast food, comida cheia de calorias que leva a obesidade. Buscam-se dietas …


Outro lado da reforma da Previdência é possível

A atual proposta de Reforma da Previdência, se aprovada, gerará economia. Contudo, causará também um imensurável impacto social negativo, pois afetará principalmente os mais pobres que, durante toda …