Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A histórica igrejinha do Rosário da Prainha em Vila Velha
Tribuna Livre

A histórica igrejinha do Rosário da Prainha em Vila Velha

Durante o processo de expansão marítima de Portugal por vários reinados, foi determinado não somente a expansão da religião católica, com os símbolos religiosos, com prevalência da Cruz relativa a Ordem dos Cruzados, e que, em todo território conquistado, fosse implantado um marco em pedra granito com a cruz e o brasão do rei da época, era o marco da posse da terra nova.

E em seguida e providenciavam também a construção de uma capela.

A primeira igreja a ser construída na Prainha de Vila Velha, segundo alguns historiadores, foi em homenagem a Santa Catarina, em 1535, onde hoje é a entrada velha do Convento da Penha, que por ser de madeira pegou fogo, o que provocou a construção de uma pequena capela em alvenaria, onde até hoje se encontra, que foi ampliada com o tempo. Havia um cemitério nos fundos, onde temos hoje a Praça Otávio de Araujo, e que foi transferido para o centro de Vila Velha.

Sob a orientação do IPHAN, em março de 2011, foram realizadas escavações nas laterais da Igreja do Rosário, e com isso foi possível observar o alicerce da Igreja, feita pelos jesuítas, no século XVI e XVII, aparecendo a argamassa de cal de concha, que foi usada, e as pedras que assim foram rejuntadas.

Ficaram evidentes no alicerce vestígios de que havia até por volta de 1910 a antiga, ainda que modesta instalação da Casa da Caridade, precursora da Santa Casa de Misericórdia, que foi transferira para Vitória.

A primeira igreja que foi construída no Brasil em 1532, por Martin Afonso de Souza, em São Vicente (SP) foi destruída por uma forte ressaca, devido estar à beira mar, em 1542, e sua reconstrução se deu em 1757. A segunda foi a Igreja Nossa Senhora da Sé, construída por Duarte Coelho em Olinda, em 09 de março de 1535, mas por ser de madeira pegou fogo em 1584.

Também foi construída em 1535 em Pernambuco, a Igreja de Cosme e Damião, mas foi semidestruída pela invasão holandesa, e só reconstruída em 1654. Que junto com a nossa Igrejinha da Prainha, é também uma das mais antigas em funcionamento litúrgico do Brasil, desde a sua fundação em 1535.

Após a sua restauração pelo Governo do Estado em 2016, e tendo o acompanhamento do Iphan, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, padroeira de Vila Velha, ganhou de presente um belíssimo livro: “A Igreja de Nossa Senhora do Rosário da Prainha do Espírito Santo”, escrito pelo jornalista, professor, mestre e doutor José Antonio Martinuzzo. Um registro que não existe, contando toda a sua história, em 100 páginas separadas em três atos, com belíssimas fotografias de Rosane Zanotti. O projeto gráfico é da dupla Allan Ost e Zota Coelho”.

Este livro é um excepcional documento jornalístico histórico, resultado de profundas e intensas pesquisas, de um monumento histórico religioso que remonta do início da Colonização do nosso Solo Espírito-santense. O livro não será vendido. Será distribuído gratuitamente nas principais bibliotecas municipais.

A restauração e a preservação da histórica Igrejinha da Prainha, é fundamental para o fortalecimento do sentimento de pertencimento de todos nós capixabas, fortalecendo mais a nossa identidade.

Manoel Goes Neto é presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Vila Velha e diretor no IHGES


últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A pasta para dentes e a propaganda abusiva

No Ocidente, os egípcios e gregos foram os primeiros a compor uma mistura para limpar os dentes. A fórmula era bastante variada (cinzas, casca de ovo, pedra-pomes, ervas, carvão, hortelã...). …


Exclusivo
Tribuna Livre

A música romântica e a visão de mundo

Em 1995 escrevi algo sobre a as diferenças entre o romantismo pós-wagneriano e o estilo francês (impressionista, pós-impressionista, de Stravinsky, de Satie, etc). Hoje, retomo ao tema, estando …


Exclusivo
Tribuna Livre

Mercado de trabalho e o profissional do futuro

Com um mercado de trabalho que muda a cada dia, muitos profissionais ficam em dúvida sobre qual caminho seguir. Afinal de contas, vale a pena investir em uma profissão do futuro? Quando é o momento …


Exclusivo
Tribuna Livre

Isenção do “imposto sobre a herança” no Espírito Santo

Como defensor público titular da 2ª Defensoria de Órfãos e Sucessões de Cariacica efetuo diariamente orientações aos meus assistidos sobre as regras legais para a elaboração de inventários e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Dragagem ainda não trouxe os resultados esperados

As obras de dragagem no Porto de Vitória foram concluídas em outubro de 2017. A tão esperada dragagem previa que o canal passaria de uma profundidade de 11,7 metros para 14 metros e de 11,7 metros …


Exclusivo
Tribuna Livre

A intolerância do preconceito

Mais uma vez, ficamos chocados com ondas de ataques simultâneos às pessoas inocentes, morrendo, sem motivo aparente, senão à cor que mais uma vez se manifesta diante do racismo radical, abalando a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Competindo com eficiência

O Espírito Santo é o maior produtor mundial de pelotas de minério de ferro e o terceiro maior produtor de aço do Brasil, sendo que, juntos, os dois setores representam mais de 20% do PIB estadual, …


Exclusivo
Tribuna Livre

A polêmica “PL do saneamento”

Desde a edição da Medida Provisória (MP) 868 no ano passado, a necessidade de se estabelecer um novo Marco Regulatório sobre Saneamento Básico no País está em voga. É que na última década, os …


Exclusivo
Tribuna Livre

Tráfico de pessoas: um perigo que ainda ronda entre nós

Estimativas da Organização das Nações Unidas (ONU) consideram haver cerca de 2,5 milhões de vítimas de tráfico de seres humanos. Esse é um assunto de grande relevância mundial, pois criminosos …


Exclusivo
Tribuna Livre

Qual é o lugar do esporte no Brasil?

O esporte é um ótimo indicador social. Tenho acompanhado o Pan de Lima, e a cada vez que um brasileiro ou uma brasileira sobe ao pódio me encho de alegria, pois sei que competir em alto nível …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados