search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A aprendizagem como solução
Tribuna Livre

A aprendizagem como solução

A pandemia impactou a realidade de todas as nações e, quando o assunto é economia, não houve quem não tenha sido afetado. É o caso do Brasil, que vive uma das grandes crises de sua história, com muitos impactos financeiros e sociais.

Com o aquecimento econômico que temos acompanhado, uma das grandes estratégias para vislumbrarmos um futuro melhor é apostar nos adolescentes e jovens no mercado de trabalho, pois eles podem abrir novos caminhos e possibilidades com toda criatividade, inovação e fácil manuseio de equipamentos tecnológicos que essa geração demonstra.

O Programa de Aprendizagem é excelente opção para as empresas que desejam uma formação de mão de obra inovadora e acompanhada. Regido pela Lei 10.097/2000, promove a inserção de jovens e adolescentes ao mundo do trabalho, garantindo a manutenção do vínculo escolar e contribuindo com a criação de oportunidades para o combate das desigualdades sociais.

Num cenário em que os que mais sofrem com a crise são os jovens e a população mais pobre, o Programa de Aprendizagem reafirma sua importância por ser focado, justamente, no atendimento de adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Os aprendizes são, geralmente, jovens de 14 a 24 anos, que devem estar cursando ou ter terminado o ensino médio ou fundamental em escola pública.

Ao entrar em programas de aprendizagem, o jovem é inserido em ambiente com outras realidades e perspectivas. Tem contrato de trabalho regido pela CLT, com diretos trabalhistas como férias, 13º salário, salário mínimo hora, auxílio transporte, FTGS de 2% e benefícios quando são ofertados pela empresa.

Para milhares de jovens cheios de potencial, esse é um pontapé capaz de transformar a realidade não só do adolescente beneficiado, mas da sua família e o país como um todo.

E sabe por que podemos afirmar que o já conhecido programa de aprendizagem é uma solução de futuro melhor para milhares de jovens brasileiros, mesmo com novas propostas sendo discutidas? Porque ele está atrelado ao ensino. Qualquer programa de ocupação dos jovens, ainda que em caráter emergencial, deve ter a educação como grande aliado.

Não se pode negligenciar mais a formação de milhões de jovens. Obter um emprego isoladamente para um jovem é a melhor maneira de incentivar a evasão escolar.

Ao conseguir um emprego, a realidade brasileira revela que ele evade a escola para possivelmente nunca mais retornar. Estudo recente do Insper mostra que o Brasil perde R$ 283 bilhões por ano com a evasão escolar.

Junto da perda financeira vem uma maior e que afeta o futuro econômico e social de todo o País: a má formação do jovem.
Com o programa de aprendizagem, a empresa tem grande possibilidade de captar talentos e formá-los conforme sua cultura, o que resulta em altas taxas de efetivação após a conclusão do contrato.

Por outro lado, um adolescente que trabalha de forma ilegal ou que abandona o estudo pode trazer prejuízos imensuráveis ao mercado de trabalho do futuro, com mão de obra extremamente desqualificada e subaproveitamento do potencial de toda uma geração.

Jossyl Cesar Nader é superintendente executivo do CIEE

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Os benefícios do contraditório

Querer e buscar a qualquer custo a unanimidade talvez não seja o melhor caminho para se resolver qualquer situação. O contraditório é sempre salutar, pois provoca inquietações, permite o desenvolvime…


Exclusivo
Tribuna Livre

A síndrome da Frozen

Certa feita, em uma sessão inicial de terapia de uma paciente, ao indagar sobre quais eram as razões que a levavam até ali, esta foi assertiva – “Eu tenho a síndrome da Frozen”. Apesar de os meus …


Exclusivo
Tribuna Livre

Descarte de lixo hospitalar na pandemia: mais uma ameaça

A pandemia da covid-19, que já está em seu segundo ano, trouxe novos hábitos para o nosso cotidiano, como uso de máscaras e luvas para prevenir o temido contágio nos mais diversos lugares que se …


Exclusivo
Tribuna Livre

Negócios existem porque existe o cliente que é o ator principal

Certa vez assistia a um filme clássico de Natal e que na história havia um casal que esperava o nascimento de seu primeiro filho. Tudo corria bem, até que a criança começou a dar sinais de que …


Exclusivo
Tribuna Livre

O que os números da violência cotidiana nos levam a refletir

A divulgação do Atlas da Violência, relatório que traz dados sobre a redução do número de homicídios no País, mostrou uma queda de 22,1%, tendo-se como base os anos de 2018-2019, um cenário que se …


Exclusivo
Tribuna Livre

Evolução dos serviços de saúde digital diminui a burocracia

A evolução dos serviços de saúde digital depende da popularização do uso do Certificado Digital na assinatura de documentos e a padronização da interoperabilidade em sistema de saúde. Com a certifica…


Exclusivo
Tribuna Livre

Homero Massena, genial e rebelde

Teve a sua arte exposta na galeria Rembrandt, em Paris, no período de 1906 a 1909, e em 1930. Noticiava a imprensa em 1939: “Poucas vezes tivemos a oportunidade de nos deleitar num ambiente de pura …


Exclusivo
Tribuna Livre

A escolha da escola certa para os filhos em tempos de pandemia

Ainda faltam quatro meses para o final do ano, mas a abertura da temporada de reserva de vagas e matrículas nas escolas lança a atenção das famílias para perguntas que sempre estiveram presentes, mas …


Exclusivo
Tribuna Livre

No Dia da Independência, os desafios e os agradecimentos

Começamos esta reflexão tal como será iniciada a solenidade simplificada que marca este dia 07 de setembro, realizada no 38º Batalhão de Infantaria, em Vila Velha: com uma respeitosa e sincera …


Exclusivo
Tribuna Livre

Amar a mente é cuidar da vida

Nunca falamos tanto sobre saúde mental quanto nos últimos meses – o aumento do estresse, do medo e do luto durante a pandemia ficou evidente em todo o mundo e resultou também no aumento de sintomas …