search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Proteção e defesa civil das comunidades
Tribuna Livre

Proteção e defesa civil das comunidades

por: Coronel Marcelo D’Isep

"Trabalhamos sob a ótica de que iniciativas devem se concentrar na minimização dos desastres"

A primeira estrutura de defesa civil, no Estado do Espírito Santo, foi a Coordenação Estadual de Defesa Civil (Cedec), criada pela Lei n° 2.929/1974, publicada no Diário Oficial de 10 de agosto de 1974.
Como forma de celebrar esse marco inicial e com o objetivo de esclarecer, conscientizar e divulgar as ações de proteção e defesa civil realizadas, o Governo do Estado, através da Lei nº 10.259/2014, instituiu para serem comemorados anualmente, no dia 10 de agosto e na semana em que ele estiver compreendido, respectivamente o “Dia Estadual de Proteção e Defesa Civil” e a “Semana Estadual de Proteção e Defesa Civil”.
Temos por definição que Proteção e Defesa Civil é o conjunto de ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação destinadas a reduzir os riscos de desastres, procurando, ao mesmo tempo, preservar o moral da população e restabelecer a normalidade social.
No Brasil, ela está legalmente constituída e organizada sob a forma de sistema denominado Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil. Em nosso Estado, a coordenação e execução das ações de proteção e defesa civil estão previstas como missão constitucional do Corpo de Bombeiros Militar (CBMES). A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDEC), órgão pertencente à estrutura organizacional do CBMES, é a responsável pela articulação e coordenação do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil (SIEPDEC).
O SIEPDEC, reorganizado pela Lei Complementar 694/2013, constitui um importante instrumento de articulação e coordenação de esforços dos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual com a colaboração de órgãos federais, municipais, da iniciativa privada e da comunidade em geral para o planejamento e execução das ações de proteção e defesa civil em todo o território capixaba.
O CBMES, em seu Planejamento Estratégico, estabeleceu como um dos seus eixos prioritários o fortalecimento permanente das ações de proteção e defesa civil das comunidades. Nesse sentido, estão em curso várias iniciativas que buscam a materialização dessa prioridade, para que efetivamente possamos promover a segurança global da população em situações de desastres.
Levando-se em consideração que a eliminação dos desastres é reconhecidamente um objetivo intangível, trabalhamos sob a ótica de que nossas iniciativas devem se concentrar na minimização dos desastres, isto é, na redução das suas consequências, seja evitando que eles aconteçam, seja diminuindo a sua intensidade ou mesmo aumentando a capacidade das comunidades para resistir a eles.
Dentre as várias iniciativas em andamento, gostaria de destacar o incentivo na criação de Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC) em vários municípios. Os desastres acontecem nos bairros, nos distritos, ou seja, na ponta da linha onde se encontra e vive o cidadão, logo, torna-se primordial que a comunidade, através do trabalho voluntário e solidário, conheça, identifique e contribua nas ações preventivas necessárias para minimizar os riscos de desastres, além de orientar e prestar socorro mais imediato nas situações de calamidades e emergência. Na realidade, o NUPDEC é o elo mais importante do Sistema, pois, na sua essência representa a participação da comunidade na defesa da própria comunidade.

Coronel Marcelo D’Isep é comandante-geral do CBMES

A seção Tribuna Livre é publicada diariamente no jornal A Tribuna. Colaborações para a coluna devem ser enviadas para opiniao@redetribuna.com.br.


últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Congresso tem mais funcionários do que 48 municípios do Estado

O Congresso Nacional aprovou e já está em pleno vigor a Lei Complementar nº 173, de 27 de maio de 2020, que trata da ajuda financeira a estados e municípios e estabelece o “Programa Federativo de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Desafios da educação após a pandemia do novo coronavírus

Estudos recentes, como em Todos pela Educação (05/2020), mostram que os desafios com que se defrontarão gestores e profissionais da Educação quando do retorno das aulas presenciais são de tal …


Exclusivo
Tribuna Livre

A digitalização dos planos de saúde acelerada pela pandemia

Grandes desafios podem provocar grandes revoluções. A necessidade de superar adversidades leva a humanidade a repensar hábitos e valores e a usar todo o seu potencial de criação. Nestes tempos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A importância da Lei da Fauna capixaba em tempos de Covid

Em dezembro de 2019, foi sancionada a Lei Estadual de Proteção à Fauna que, dentre outros assuntos, cuida da prevenção de doenças advindas da relação humana com os animais, alertando sobre o perigo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Relacionamentos abusivos mais evidentes durante a pandemia

É significativo o aumento de casos de violência doméstica durante o isolamento social. Mas, infelizmente, a pandemia apenas traz à tona questões já presentes. É num momento de excesso ou modificação …


Exclusivo
Tribuna Livre

Peste, indiferença e luta

Quando a peste resolve sair de seu recôndito esconderijo e assombrar a humanidade, o desespero e a indiferença vêm na bagagem. Desespero porque, por mais pestes e guerras que já tenham havido na …


Exclusivo
Tribuna Livre

Racismo no Brasil não gera a mesma repercussão que nos EUA

Os casos no Brasil ligados a crimes de racismo não geram a mesma repercussão que há nos Estados Unidos e para isso há razões muito específicas que justificam a banalização da violência racial no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem paga pensão tem o direito de saber como valores são gastos

Alicerçando-se nos princípios constitucionais da proteção integral da criança e do adolescente e da dignidade da pessoa humana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) modificou entendimento até então …


Exclusivo
Tribuna Livre

Profissões em alta na pandemia influenciam mercado de estágio

A pandemia do coronavírus desestruturou o mercado de trabalho. Além do aumento do desemprego, que subiu para 12,6% no trimestre encerrado em abril deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Renda mínima universal no mundo onde não existe almoço grátis

De repente nos deparamos com emergência de saúde pública internacional, com graves consequências em nosso meio, ocasionando, dentre outras medidas visando minorá-las, a instituição de um auxílio …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados