Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

3 mil servidores públicos aposentados correm risco de perder o benefício

Notícias

Economia

3 mil servidores públicos aposentados correm risco de perder o benefício


O prazo para servidores públicos aposentados e pensionistas com nomes iniciados de J a M atualizarem seu cadastro junto ao Instituto de Previdência do Estado (Ipajm) foi estendido até o dia 9 de setembro. Segundo o instituto, 3 mil segurados ainda não realizaram o recadastro e correm risco de perder o benefício.

O processo acontece em duas etapas obrigatórias: prova de vida, nas agências do Banestes, e atualização cadastral, pela internet. Caso não façam, o pagamento será suspenso já no dia 10 de setembro.

A lista específica dos segurados com nomes iniciados de J a M ainda pendentes com o procedimento pode ser conferida aqui ou no site do Instituto www.ipajm.es.gov.br, no banner disponível na página principal.

A diretora técnica do Instituto, Mariana Gonçalves, atua como coordenadora do recadastramento e faz um alerta. “Para que o recadastramento seja válido, é necessário que o segurado conclua as duas etapas obrigatórias. Se ele fizer apenas uma o pagamento será suspenso até a realização da outra etapa, uma vez que o procedimento não foi concluído”.

O edital, que trata da prorrogação da suspensão de benefícios, foi publicado na última segunda-feira (12), no Diário Oficial do Estado.

Toda essa atividade envolve cerca de 40 mil beneficiários que fazem parte dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, bem como do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública.

Etapas obrigatórias

Prova de Vida

O segurado deve comparecer a uma das agências do Banestes distribuídas pelo Estado munido de documento de identificação com foto, como Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e número funcional. Após o término do procedimento, a pessoa receberá um comprovante entregue pelo atendente do banco que comprovará a participação nessa fase. Veja aqui a agência fica mais próxima.

Atualização de dados cadastrais

Fazer a atualização cadastral é prático e rápido: basta acessar o site do Ipajm  e clicar no banner "Recadastramento 2019". Ao final desse processo, será emitido recibo para atestar a conclusão da atualização. O período em que os beneficiários precisam proceder com o recadastramento é determinado pela letra inicial do nome.

“O recadastramento está previsto em lei e é de extrema importância para o instituto, pois evita o pagamento de benefícios indevidos, além de possibilitar que a base de dados da autarquia seja atualizada, o que é indispensável para a comunicação do Instituto com seus beneficiários quando, por exemplo, do envio de correspondências como contracheques, comunicados de decisões e ofícios”, comenta o presidente-executivo do Ipajm, José Elias Marçal.

Casos especiais

Os aposentados e pensionistas que residem em outro estado ou país, que não podem se locomover a uma agência do Banestes para fazer a prova de vida ou são incapazes, entre outros casos específicos, devem acessar o site www.ipajm.es.gov e clicar no banner referente ao recadastramento para saber como fazer o processo.

Outra opção é entrar em contato com o tele-atendimento do Ipajm nos números (27) 3201-3180 e 0800-2836640, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados