Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Vereador da Serra cobra “chá verde” de assessores

Notícias

Política

Vereador da Serra cobra “chá verde” de assessores


Em um áudio de autoria do vereador Fabio de Souza Rosa (PSD), o Fabão da Habitação, o parlamentar cobra que 14 de seus 15 assessores levem um “chá verde até ele”, e alerta para que os funcionários não cheguem de mãos vazias ou poderão ser exonerados.

O pedido do vereador estaria relacionado à suposta prática de “rachid” – quando um parlamentar se apossa de parte dos salários de seus funcionários. A denúncia é de uma ex-servidora do gabinete de Fabão, que teria vazado a conversa do grupo envolvendo os servidores do parlamentar.

Vereador Fabão da Habitação (Foto: Instagram)
Vereador Fabão da Habitação (Foto: Instagram)

Fabão é suplente da vereadora Neidia Pimentel (PSD), afastada do cargo em março de 2018, acusada da prática de “rachid”.

Os salários de assessores de gabinete na Câmara da Serra variam de R$ 955,27 a R$ 4.363,54. Já o salário do vereador no município é de R$ 9.208,33.

Ainda de acordo com áudio, o vereador diz que, até aquele momento, apenas uma servidora teria levado o suposto “chá verde”.

A reportagem completa você confere no jornal A Tribuna desta quarta-feira (15). 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados