Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Toma que o filho é teu
Painel da Folha de São Paulo

Toma que o filho é teu

A tentativa do Planalto de dissociar o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) do ingresso do subprocurador Antônio Carlos Simões Martins Soares na corrida pelo posto de procurador-geral da República incomodou integrantes do Legislativo e do Judiciário.

Flávio intermediou contatos de Simões com parlamentares e integrantes de cortes superiores. E o próprio cotado não esconde, nas conversas, a proximidade com o filho de Jair Bolsonaro –num tom que, inclusive, causa estranhamento.

Sem pai nem mãe - Dentro do Ministério Público Federal, Simões é visto como outsider por todas as alas que compõem a Procuradoria. A rejeição a ele é tamanha que ministros do STF temem a instalação de um quadro de isolamento e resistência ao nome que hoje é favorito ao posto.

Cada um por si - Integrantes do Supremo e da cúpula da PGR lembram que o grau de autonomia dos procuradores é enorme e que Bolsonaro pode estar fazendo um cálculo equivocado ao imaginar que indicando alguém da estrita confiança de sua família vá conseguir controlar a corporação como um todo.

Rebelião - O efeito, alertam esses ministros e procuradores, tende a ser o oposto: uma espécie de insubordinação generalizada às diretrizes de Simões.

Vapt-vupt - O suprocurador esteve com o presidente do Supremo, Dias Toffoli, na quinta (15), mas a conversa não chegou a dez minutos, segundo pessoas próximas ao ministro. Eles devem falar novamente nesta semana. Toffoli, até agora, não se dispôs a fazer movimento para endossar o nome de Simões –mas também não sinaliza veto.

Árvore genealógica - O apoio a Simões de uma parte dos integrantes de cortes Superiores do Rio se deve à amizade dele com o advogado Marcelo Fontes, sócio do escritório de Sergio Bermudes.

Quase - Levantamento de um aliado do governo no Senado indica que Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) está a sete votos da aprovação no plenário para embaixador do Brasil nos EUA. Esse seria o número que separa o filho do presidente da maioria na Casa.

Todos contra um - Entre os cerca de 21 senadores que pregam a renovação no Senado, a maioria, avalia um integrante do grupo, é contrária à nomeação de Eduardo. Essa ala prega a tese de que a indicação é ato de nepotismo.

Vá com Deus - Integrantes dos três Poderes acompanham com atenção a reação da cúpula da Receita, que ameaça entregar os cargos em solidariedade a João Paulo Fachada, afastado da subsecretaria-geral do órgão nesta segunda (19). Com ironia, autoridades que torcem o nariz para o ex-número dois do Fisco dizem que há torcida para que os colegas dele honrem a ameaça.

Do meu tamanho - Apesar de a pressão sobre a Receita partir do presidente Jair Bolsonaro, servidores do órgão preferem concentrar artilharia em ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) e do Supremo que proferiram decisões contrárias à instituição.

Vamos dar as mãos - O objetivo seria evitar constranger parlamentares bolsonaristas e lavajatistas que podem ser úteis na defesa da instituição por meio do diálogo com o presidente. E, de quebra, atacar inimigos em comum.

Por você - A articulação de senadores para tentar abrir nova CPI da Lava Toga usará como argumento a suspensão de dois servidores da Receita pelo Supremo.

Dois pesos - O afastamento dos dois auditores gerou comoção entre colegas. Nos processos administrativos disciplinares, um foi apenas advertido e o outro, inocentado.

Para ontem - A coordenadora do grupo de trabalho da Câmara que analisa o pacote anticrime de Sergio Moro, Margarete Coelho (PP-PI), quer tentar encerrar os trabalhos do colegiado nesta semana.

Visita à Folha - João Miranda, diretor-presidente da Votorantim, visitou a Folha nesta segunda-feira (19). Estava acompanhado de João Schmidt, diretor de Desenvolvimento Corporativo, Sérgio Malacrida, diretor de Finanças, Alessandra Tucci, gerente-geral de Comunicação, e Lia Mara Sacon, diretora de Atendimento da FleishmanHillard Brasil.

TIROTEIO

"Entregar dados da Receita sem aval judicial é violar um direito protegido pela Constituição, o que é inadmissível."

Do advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, sobre diálogos que mostram a Lava Jato requisitando oficiosamente informações do Fisco.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Dominó

A decisão do TSE de cassar 6 vereadores no Piauí por terem fraudado a cota para candidaturas femininas tende a gerar um efeito cascata em diversos estados e na Câmara. Considerada por especialistas …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ordem unida

Indicado à PGR, Augusto Aras tem sinalizado a parlamentares a intenção de dar mais poder às câmaras temáticas do Ministério Público, que elaboram pareceres técnicos. Há 7, incluindo as que tratam de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Lealdade cega

O embate entre bolsonaristas nas redes em torno da CPI da Lava Toga foi diagnosticado por políticos de centro-direita como um marco na relação do clã Bolsonaro com sua militância e com o PSL. O fato …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Eu sou o caminho

O esforço para viabilizar a aprovação de Eduardo Bolsonaro à embaixada do Brasil nos EUA fez de Davi Alcolumbre (DEM-AP) o principal articulador do governo no Senado. Segundo dirigentes de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Mergulho na realpolitik

O Planalto montou nova estratégia para tentar formalizar uma base na Câmara e no Senado. O general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o líder do governo, Major Vitor Hugo (PSL-GO), …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Apenas o começo do fim

A queda de Marcos Cintra está longe de estancar a crise na Receita. Nos últimos dias, quando a permanência do agora ex-secretário da área já estava ameaçada, uma série de denúncias com relatos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Apenas o começo do fim

A queda de Marcos Cintra está longe de estancar a crise na Receita. Nos últimos dias, quando a permanência do agora ex-secretário da área já estava ameaçada, uma série de denúncias com relatos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Manda quem pode

Jair Bolsonaro ficou especialmente irritado e mandou demitir Marcos Cintra após a publicação de detalhes da proposta de recriação da CPMF porque viu no vazamento uma desobediência a pedido feito …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Cartão de visitas

Indicado por Jair Bolsonaro para assumir a PGR, Augusto Aras se submeteu nesta terça (10) a uma espécie de prévia da sabatina no Senado. No gabinete da presidência da Casa, respondeu a perguntas de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Tiro ao alvo

A atuação do chefe da força-tarefa da Lava Jato de Curitiba, Deltan Dallagnol, deve ser alvo de nova discussão no Conselho Nacional do Ministério Público, nesta terça (10). A expectativa no …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados