Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Saiba como votou a bancada capixaba para a Reforma da Previdência

Notícias

Política

Saiba como votou a bancada capixaba para a Reforma da Previdência


 (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil )
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil )
O plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem, em primeiro turno, o texto-base da proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo Jair Bolsonaro. Foram 379 votos a favor — 71 a mais do que o mínimo necessário, de 308. Contra foram 131. Não houve abstenção.

 (Foto: Jornal / AT)
(Foto: Jornal / AT)

Idade mínima
A reforma da Previdência prevê que trabalhadores só poderão se aposentar apenas por idade, ou seja, não tem aposentadoria por tempo de contribuição:

 (Foto: Jornal / AT)
(Foto: Jornal / AT)

Tempo de contribuição
Para se aposentar, também será exigido um tempo mínimo de contribuição, sendo o mínimo de 15 anos para mulheres e 20 anos para homens. Para servidores públicos, com exceção dos estaduais e municipais, o tempo mínimo será de 25 anos.

Regra de cálculo
O valor do benefício será calculado com base na média de todos os salários de contribuição. Pela regra atual, o cálculo é feito com os 80% dos maiores salários de contribuição do trabalhador. Ele terá a chance de excluir menores salários se reduzirem o benefício, mas o tempo também será desconsiderado.

Média do cálculo
Com 20 anos de contribuição, o trabalhador terá direito a 60% do valor do benefício, que irá subir 2 pontos percentuais para cada ano a mais de contribuição. No caso das mulheres, um acordo foi firmado para aprovar uma regra que permita que elas tenham direito a 60% do benefício a partir de 15 anos de contribuição.

 (Foto: Jornal/AT)
(Foto: Jornal/AT)


Veja também: Maia é ovacionado, critica governo Bolsonaro e diz que Centrão aprovou reforma


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados